Visualizações

1

Os questionários na investigação empírica. Fundamentos para a sua construção, adaptação cultural e estudo da fidedignidade e validade. Questionnaires in empirical research. Fundamentals for its construction, cultural adaptation and study of reliability and validity.

  A investigação tem sempre por fundamento uma determinada perspetiva de aproximação à realidade. A recolha de dados da realidade levanta questões relativas à definição dos procedimentos de avaliação e à escolha dos instrumentos a utilizar. A escolha dos instrumentos fundamenta-se no trabalho prévio da investigação na área de conhecimento, na aproximação teórica ao fenómeno, na definição do que se pretende estudar, na escolha das variáveis ou constructos a analisar, no objeto do estudo.  No presente trabalho iremos abordar o questionário, como técnica de recolha de dados, que é particularmente útil se a investigação envolver o modo de pesquisa quantitativo. Pretende-se sempre que o questionário usado na investigação permita uma adequada recolha de dados, e a sua escolha deve requerer uma avaliação crítica do processo que levou à sua construção ou à sua adaptação e uma análise das suas características metrológicas. O presente trabalho inicia-se com algumas definições do questionário, seguidamente aborda os aspetos metodológicos relativos à sua construção, à sua adaptação cultural, e ao estudo das suas qualidades metrológicas, que incluem a análise de fidelidade e de validade. Aborda inda a importância prática da construção de normas para um questionário.  Julgamos que este trabalho pode contribuir para uma maior fundamentação da escolha dos questionários a usar nos trabalhos científicos e pode servir de guião para a sua construção e adaptação cultural.   

Os questionários na investigação empírica. Fundamentos para a sua construção, adaptação cultural e estudo da fidedignidade e validade. Questionnaires in empirical research. Fundamentals for its construction, cultural adaptation and study of reliability and validity.

DOI: 10.22533/at.ed.30321020921

Palavras chave: Investigação empírica, Questionários, Desenvolvimento e Adaptação cultural, Fidelidade, Validade.

Keywords: Empirical research, Questionnaires, Development and Cultural adaptation, Reliability, Validity

Abstract:

Research is always based on a particular perspective of approaching the reality. The data collection from the reality raises questions regarding the definition of assessment procedures and the choice of instruments to be used. The choice of instruments is based on previous research work in the area of knowledge, on the theoretical approach to the phenomenon, on the definition of what one aims to study, on the choice of variables or constructs to be analyzed and on the object of the study. The present work approach to the questionnaires considered it as a technique for data collection, which is particularly useful for quantitative research. It is always intended that the questionnaires used in empirical research allow the adequacy of data collection and its choice must require a critical evaluation of its construction or its adaptation and an analysis of its metrological characteristics. The present work begins with some definitions of the questionnaire, and then approaches the methodological aspects of its construction, its cultural adaptation, and the study of its metrological qualities, which include the analysis of fidelity and validity. It also discusses the practical importance of the questionnaire norms. We believe that this work can contribute to the choice of questionnaires to be used in scientific works and can provide guidelines for their construction and cultural adaptation.

Autores

  • Maria João de Castro Soares
  • António João Ferreira de Macedo e Santos