Visualizações

1

O AGRO EM TEMPOS DE PANDEMIA: ECONOMIA E SAÚDE NA TEXTUALIZAÇÃO DO POLÍTICO PELA MÍDIA

Este trabalho analisa a produção de sentidos na relação agro-saúde-economia, a partir de formulações da campanha da Rede Globo, Agro: a indústria-riqueza do Brasil. Na primeira quinzena de abril de 2020, o país registra mais de 39 mil casos de contaminação por COVID-19 e passa por momento de insegurança perante as políticas públicas. A atuação do Governo Federal é marcada pela relação contraditória entre o presidente Jair Bolsonaro e o então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a respeito das medidas de prevenção ao vírus. Nessas condições de produção, a emissora de televisão afirma: “Confiança é agro”, “Agro é tudo o que o campo pode fazer para levar saúde a você”. A decupagem de duas peças da campanha é a materialidade que nos permite pensar sobre o político das relações sociais, em um sistema capitalista. Mobiliza-se, como teoria e método, a Análise de Discurso, nas perspectivas de Michel Pêcheux e Eni Orlandi. Compreende-se que a iniciativa da Rede Globo sustenta sentidos de homogeneização, na predominância do discurso econômico, sobre um agro que “é tudo”. Esta reflexão integra as atividades Projeto Questões Urbanas em Linguagem (QUel), do Grupo de Pesquisa Educação e Estudos de Linguagem (GEdEL/Unemat).

O AGRO EM TEMPOS DE PANDEMIA: ECONOMIA E SAÚDE NA TEXTUALIZAÇÃO DO POLÍTICO PELA MÍDIA

DOI: 10.22533/at.ed.4092114109

Palavras chave: Discurso; Mídia; Agro; COVID-19

Keywords: Discourse; Media; Agro, COVID-19.

Abstract:

This paper analyzes the production of meanings in the agro-health-economy relationship, based on Rede Globo's campaign formulations, Agro: a indústria-riqueza do Brasil. In the first half of April 2020, the country recorded more than 39,000 cases of COVID-19 contamination and is experiencing a moment of insecurity in the face of public policies. The performance of the Federal Government is marked by the contradictory relationship between President Jair Bolsonaro and then Minister of Health, Luiz Henrique Mandetta, regarding the measures to prevent the virus. In these production conditions, the TV states: "Trust is agro", "Agro is everything the field can do to bring health to you". The two-piece decoupage of the campaign is the materiality that allows us to think about the political ideiais of social relations, in a capitalist system. Discourse Analysis is mobilized as theory and method, from the perspectives of Michel Pêcheux and Eni Orlandi. It is understood that Rede Globo's initiative supports meanings of homogenization, in an economic discourse predominance about an agro that "is everything". This reflection integrates the activities of the Project Questões Urbanas em Linguagem (QUel), of the Research Group Educação e Estudos de Linguagem (GEdEL/Unemat).

Autores

  • Débora Pereira Lucas Costa
  • Milton Mauad de Carvalho Camera Filho
  • Cristinne Leus Tomé