Visualizações

8

ASPECTOS PSICOSSOCIAIS DO CÂNCER INFANTIL: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

 O presente artigo é um estudo integrativo bibliográfico que objetivou investigar os aspectos psicossociais do câncer infantil publicados em português e inglês no período de 2010 até de 2015. O método de pesquisa utilizado foi a revisão integrativa, realizada através da busca eletrônica de artigos indexados na biblioteca virtual de saúde (BVS), scielo e pubmed a partir do cruzamento dos termos em português e inglês: aspectos psicossociais câncer infantil, aspectos psicossociais oncologia pediátrica, aspectos psicossociais neoplasias infantis. Após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, 21 artigos fizeram parte da amostra. Em relação aos aspectos psicossociais, os autores publicaram mais sobre a experiência da criança frente ao adoecimento. Destaca-se a importância de novos estudos sobre mudanças de papéis dentro do núcleo familiar, considerando outras pessoas como cuidadores e o impacto que a doença traz no ambiente escolar da criança com câncer.

ASPECTOS PSICOSSOCIAIS DO CÂNCER INFANTIL: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

DOI: 10.22533/at.ed.30321020924

Palavras chave: aspectos psicossociais; câncer infantil; revisão integrativa; câncer.

Keywords: psychosocial aspects; childhood cancer; integrative review; cancer.

Abstract:

The following article is an integrative bibliographic study, which aimed to investigate the psychosocial aspects of childhood cancer published in Portuguese and English between 2010 to 2015. The research method used was the integrative review, which was conducted through an electronic search of articles published in biblioteca virtual de saúde (BVS), scielo and pubmed, utilizing the crossing of the terms in Portuguese and English: psychosocial aspects childhood cancer, psychosocial aspects pediatric oncology, and psychosocial aspects childhood neoplasms. After applying the inclusion and exclusion criteria’s, 21 articles were found, and used as samples. In regards to the psychosocial aspects, the authors mainly published about the child's experience with cancer. This study highlights the importance of further studies to investigate the change of roles within the family, like considering other people as caregivers and the impact that the illness brings to a school environment.

Autores

  • Ray Roberto Andrade Nascimento
  • Rita Cristina de Souza Santos