Visualizações

51

MÉTODOS OBJETIVOS DE MEDIÇÃO DE ATIVIDADES FÍSICAS EM CONDIÇÕES DE VIDA LIVRE

Medidas acuradas e precisas da atividade física são essenciais para compreender melhor os benefícios proporcionados por um estilo de vida fisicamente ativo e combater a inatividade física. Nos últimos anos uma ampla gama de estudos vem utilizando métodos objetivos para a mensuração de diferentes parâmetros e dimensões da atividade física. Entender melhor os mecanismos de funcionamento e as principais aplicações destes métodos é essencial para saber qual instrumento adotar. Assim, o presente estudo tem como objetivo revisar e relatar as principais características de métodos objetivos utilizados na mensuração da atividade física em condições de vida livre. Para esta revisão foram consultados livros e estudos científicos pertinentes ao tema a partir das bases de dados PubMed e Google Acadêmico. Dentre os métodos objetivos, a água duplamente marcada e a calorimetria indireta são reconhecidas por estimar o gasto energético. Além disso, ambas são consideradas métodos de referência para validação de instrumentos que avaliam a atividade física em condições de vida livre. Os acelerômetros são sensores de movimento que captam a aceleração e estimam por meio de algoritmos a duração e intensidade das atividades realizadas. Os pedômetros são reconhecidos por mensurar o número de passos. Os monitores da frequência cardíaca estimam a intensidade da atividade física a partir da variação desta medida fisiológica. E os sensores vestíveis acoplam mais de uma tecnologia em um único equipamento, permitindo uma percepção mais ampla da atividade física realizada, no entanto, a validade destes equipamentos é variável entre estudos. Frente as aplicações, limitações e pontos fortes de cada instrumento, a escolha do método de avaliação da atividade física deve pautar-se principalmente nos parâmetros e dimensões de interesse. Recursos financeiros e, ainda nos casos dos estudos científicos, o número amostral e o cronograma de execução são outros aspectos relevantes a serem considerados.

MÉTODOS OBJETIVOS DE MEDIÇÃO DE ATIVIDADES FÍSICAS EM CONDIÇÕES DE VIDA LIVRE

DOI: 10.22533/at.ed.37421200514

Palavras chave: Movimento; instrumentos de avaliação; monitoramento; avaliação objetiva.

Keywords: movement; evaluation instruments; monitoring; objective evaluation.

Abstract:

Accurate and precise measures of physical activity are essential to better understand the benefits provided by a physically active lifestyle and to prevent physical inactivity. In recent years, a wide range of studies have used objective methods to measure different parameters and dimensions of physical activity. A better understanding of the operation mechanisms and the main applications of these methods is essential to know which instrument to adopt. Thus, the present study aims to review and report the main characteristics of objective methods used to measure physical activity in free-living conditions. For this review, books and scientific studies relevant to the subject were consulted from the PubMed and Google Scholar databases. Among the objective methods, doubly labeled water and indirect calorimetry are known to estimate energy expenditure. In addition, both are considered reference methods for the validation of instruments that evaluate physical activity in free-living conditions. Accelerometers are motion sensors that capture acceleration and estimate through algorithms the duration and intensity of the performed activities. Pedometers are recognized for measuring the number of steps. Heart rate monitors estimate the intensity of physical activity from the variation of this physiological measurement. And the wearable sensors combine more than one technology in a single device, allowing a broader perception of the performed physical activity; however, the validity of this equipment varies between studies. Faced with the applications, limitations, and strengths of each instrument, the choice of physical activity evaluation method must be primarily based on the parameters and dimensions of interest. Financial resources and, in the case of scientific studies, the number of samples and the execution schedule are other relevant aspects that must be considered.

Autores

  • Anna Gabriela Silva Vilela Ribeiro
  • Rozangela Verlengia
  • Uliana Sbeguen Stotzer
  • José Jonas de Oliveira
  • Giovanna Melissa dos Santos
  • Rute Estanislava Tolocka