Análise do profissional de educação física como empreendedor em uma escola de esportes no Distrito Federal

O estudo analisou as possibilidades da utilização da lei do Microempreendedor Individual (MEI) por profissionais de Educação Física para viabilização de uma escola de esportes. Tratou-se de uma pesquisa descritiva, que apresentou o método de ensino dos jogos para compreensão (Teaching Games for Understanding – TGfU) como base teórica para a escola de esportes. A partir do negócio desenvolvido com base no TGfU foram analisadas as possibilidades de implantação da escola de esportes por meio das características do Microempreendedor Individual. Os resultados demonstraram que as características previstas para o Microempreendedor Individual podem limitar e até mesmo inviabilizar o negócio, uma vez que o limite de faturamento é de R$ 5. 000,00 mensais.

Análise do profissional de educação física como empreendedor em uma escola de esportes no Distrito Federal

DOI: 10.22533/at.ed.92518021223

Palavras chave: Microempreendedor Individual; Escola de Esportes; Economia do Esporte; Educação Física; Distrito Federal.

Keywords: Individual Microentrepreneur; School Sports; Economics of Sports; Physical Education; Federal District.

Abstract:

The study analyzed the possibilities of using the Individual Microentrepreneur Act (MEI) for physical education Professionals to the viability of a school sports. It was treated in a descriptive study, who presented the method Teaching Games for Understanding (TGfU) been the Theoretical base of the school sports. From the business based in the TgfU, was analysed the possibilities of Implementation of Sports School through the characteristics of the individual microentrepreneur. The results showed that the characteristics as provided for Individual Microentrepreneur may limit and even derail the business, since the Billing Limit is $ 5 000.00 Monthly

Autores

  • Alexandre Lima de Araújo Ribeiro