Visualizações

4

A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO POSTURAL EM ALUNOS DE UMA ESCOLA DO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE KENNEDY- ES

O objetivo deste estudo foi explicitar a prevalência de dor em alunos do Ensino Fundamental II da rede pública do município de Presidente Kennedy-ES, verificar os fatores que mais impedem a boa postura dos alunos, por meio da identificação de fatores de risco, para promover a educação postural. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com procedimentos do tipo observação participante, para aplicação de instrumento de coleta de dados. Foram selecionados 49 estudantes do sexto ano do Ensino Fundamental II, os quais responderam um questionário com o objetivo de coletar dados referentes à dor e identificar possíveis fatores de risco. Os resultados mostram elevada prevalência de dor na coluna vertebral (57%) e em outros locais, como ombros e nuca. Houve relatos de dor ocasional, entretanto, presente há mais de 1 ano. Os achados indicam que o mobiliário é inadequado para os alunos, uma vez que a maioria relatou não conseguir apoiar os pés totalmente, encostar as costas na cadeira e apoiar os ombros na mesa, sem elevá-los. Assim, os aspectos ergonômicos do mobiliário são pouco considerados durante a aquisição ou distribuição na escola. Com relação à mochila, identificamos que a maioria carrega de forma inadequada e relata dor ao transportá-la. Defendemos, pois, a inserção do fisioterapeuta na rede municipal de educação, favorecendo projetos para a educação postural.

A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO POSTURAL EM ALUNOS DE UMA ESCOLA DO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE KENNEDY- ES

DOI: 10.22533/at.ed.81921010215

Palavras chave: Desvio postural; Educação postural; Sensibilização; Intervenção

Keywords: Postural deviation; Postural education; Awareness; Intervention

Abstract:

The objective of this study was to explain the prevalence of pain in elementary school students in public schools in the city of Presidente Kennedy-ES, to verify the factors that most hinder students' good posture, through the identification of risk factors, to promote postural education. It is a qualitative research, with participant observation type procedures, for the application of a data collection instrument. 49 students from the sixth year of Elementary School II were selected, who answered a questionnaire with the objective of collecting data related to pain and identifying possible risk factors. The results show a high prevalence of pain in the spine (57%) and in other places, such as shoulders and neck. There have been reports of occasional pain, however, present for more than 1 year. The findings indicate that the furniture is unsuitable for students, since most reported not being able to fully support their feet, lean their backs on the chair and support their shoulders on the table, without raising them. Thus, the ergonomic aspects of the furniture are little considered during the acquisition or distribution at the school. Regarding the backpack, we found that most carry inappropriately and report pain when transporting it. We therefore defend the insertion of the physiotherapist in the municipal education network, favoring projects for postural education.

Autores

  • Marceline Ferreira Rocha Passabão
  • José Roberto Gonçalves de Abreu