Visualizações

7

INTERNAÇÕES POR CONDIÇÕES SENSÍVEIS À ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE NO CONTEXTO DA ESTRÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

As Condições Sensíveis à Atenção Primária (CSAP) são agravos à saúde capazes de serem manejados na Atenção Primária em Saúde (APS). A APS tem sido reconhecida como um dos componentes-chave de um sistema de saúde eficaz, à medida que as ações de promoção de saúde e prevenção de doenças desenvolvidas por ela reduzem a morbidade e mortalidade dos agravos à saúde. Nesse contexto, surge o indicador de Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária (ICSAP), o qual deve ser interpretado como hospitalizações passíveis de serem evitadas por ações efetivas do primeiro nível de atenção à saúde. O indicador de atividade hospitalar (ICSAP) permite inferir a efetividade da APS e apontar possíveis correções que podem se encontrar na utilização insuficiente ou de má qualidade da APS. Assim, APS efetiva permite a melhoria da qualidade de vida da população e diminuição dos gastos públicos em saúde.

INTERNAÇÕES POR CONDIÇÕES SENSÍVEIS À ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE NO CONTEXTO DA ESTRÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

DOI: 10.22533/at.ed.0762109028

Palavras chave: Atenção Primária em Saúde; Condições Sensíveis à Atenção Primária; Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária; Estratégia Saúde da Família.

Keywords: Primary Health Care; Primary Care Sensitive Conditions; Hospitalizations due to Conditions Sensitive to Primary Care; Family Health Strategy.

Abstract:

Primary Care Sensitive Conditions (PCSC) are health problems that should be handled in Primary Health Care (PHC). PHC has been recognized as one of the key components of an effective health system, as health promotion and disease prevention actions developed decrease the morbidity and mortality of health problems. In this context, the indicator of Hospitalizations due to Conditions Sensitive to Primary Care (HCSAP) appears, which must be interpreted as hospitalizations that can be avoided by effective actions of the first level of health care. The hospital activity indicator (HCSAP) allows inferring the effectiveness of PHC and pointing out possible corrections that may be found in the insufficient or poor use of PHC. Thus, effective PHC improves the quality of life of the population and reduces public spending on health.

Autores

  • Matheus Pupo Pereira Lima
  • Débora Cristina Modesto Barbosa