Visualizações

11

Análise do saneamento básico no município de Iranduba, AM.

As principais preocupações da população é o saneamento básico, pois afeta a saúde da população. Assim, o objetivo desse estudo visa analisar a situação do município de Iranduba/AM, em relação ao saneamento básico, propondo medidas de melhoria para condicionantes levantadas e descrevendo um registro sistematizado, para auxiliar na compreensão dos resíduos sólidos, por meio da análise dos resíduos sólidos, da drenagem urbana; ETE; ETA, a partir do Plano Municipal de Saneamento Básico. Observa-se que a limpeza e o manejo dos resíduos sólidos são operacionalizados pela prefeitura, que não cobra taxa de coleta, porém realiza o trabalho diariamente, por coletores dispostos a ausência de higiene. Outro problema enfrentado pelo município é lançamento dos resíduos domésticos diretamente nas sarjetas. A população utiliza em alguns casos fossas sépticas, mas a maioria usa fossas rudimentares construídas sem qualquer cuidado com a contenção de agentes contaminantes presentes nos esgotos. O sistema de manobra atende seis bairros durante três h, uma vez ao dia, tendo falta de cloração na água extraída e enviada às residências. A solução mais relevante para o município, seria a inserção de sistemas simples de tratamento de esgoto, introduzindo tecnologias de pequenas Estações de Tratamento na cidade, além de tecnologia de baixo custo, para esgotamento sanitário, via fossa séptica, filtro anaeróbio e sumidouro. A falta de saneamento básico no município de Iranduba mostra ser um problema crônico e histórico no país, tornando-se perceptível que a falta de conhecimento da população. Poucas ações são implementadas pelo poder público, indicando a necessidade de políticas públicas e cobrança por parte da população.

Análise do saneamento básico no município de Iranduba, AM.

DOI: 10.22533/at.ed.53021010470

Palavras chave: Saneamento ambiental, políticas públicas, gestão ambiental.

Keywords: Environmental sanitation, public policies, Environmental management.

Abstract:

The main concern of the population is basic sanitation, as it affects the health of the population. Thus, the objective of this study aims to analyze the situation of the municipality of Iranduba/AM, in relation to basic sanitation, proposing improvement measures for raised conditions and describing a systematic record, to assist in the understanding of solid waste, through the analysis of waste solids, urban drainage; ETE; ETA, based on the Municipal Basic Sanitation Plan. It is observed that the cleaning and handling of solid waste is made operational by the city hall, which does not charge a collection fee, but performs the work daily, by collectors willing to lack hygiene. Another problem faced by the municipality is the discharge of domestic waste directly into the gutters. The population uses septic tanks in some cases but the majority use rudimentary pits built without any care to contain contaminants in sewers. The maneuver system serves six neighborhoods for three hours, once a day, with a lack of chlorination in the water extracted and sent to the homes. The most relevant solution for the municipality would be the insertion of simple sewage treatment systems, introducing technologies from small treatment plants in the city, in addition to low-cost technology for sanitary sewage, via septic tank, anaerobic filter and sink. The lack of basic sanitation in the municipality of Iranduba proves to be a chronic and historical problem in the country, making the population’s lack of knowledge noticeable. Few actions are implemented by the government, indicating the need for public policies and demand from the population.

Autores

  • Daniellen Cristina dos Reis Barbosa Carbajal
  • Fabiana Rocha Pinto