Visualizações

3

Operacionalidade da cadeia de suprimentos na Região Amazônica: estudo de caso do modal hidroviário na demanda para indústria de construção naval.

Visando atender o mercado com às propostas de implantação e aplicação das ferramentas de engenharia da qualidade, fundamentos sólidos e contínuos, dado as necessidades de capital de giro, deve-se associar o nível de estoques e minimização dos riscos com a falta de material na logística aos clientes da construção naval na Amazônia. Com aplicação das ferramentas como, fluxograma, diagrama de causa e efeito, 5W2H e PDCA, resultados necessários para o reconhecimento de mercado nas capacidades operacionais. A metodologia é composta por estudo, compreensão e avaliação dos métodos disponíveis para a concretização da pesquisa, com o levantamento bibliográfico e livros direcionados ao contexto da cadeia de suprimentos e empreendimento vinculados a construção naval artesanal, desenvolve-se com material já elaborado, constituído principalmente de artigos científicos. Ademais, o fluxograma permite mapear o método com ênfase no modal hidroviário, descobrindo onde os erros de serviços prestados aos clientes ocorrem. Inclui-se também o diagrama de causa e efeito, que tornou possível descrever as deficiências e causas. O 5W2H ajudou a fornecer uma proposta contínua em melhorias e o PDCA foi projetado para ser usado como um modelo dinâmico em que a conclusão de um ciclo irá fluir no começo do próximo. O estudo contribuiu com a literatura ao relacionar o fornecimento logístico nas capacidades operacionais na indústria de construção naval, além da relação entre o desenvolvimento destas e a gestão de fornecedores na cadeia de suprimentos. O organograma estrutural da mão de obra do modal hidroviário é formado pelo proprietário, administração, técnico logístico, gerente de transporte e as partes embarcadas nos transportes hidroviários como, comandantes de embarcações, manobrista de convés, mecânicos de máquinas, cozinheiro e operador de máquinas pesadas. O fluxo do modal hidroviário com bases logísticas de atendimento ao cliente ocorre em mobilização de cargas, primeiramente a solicitação de transporte de produtos, embarque, acomodação, translado e entrega ao cliente final. Concluímos que na Amazônia empreender é desafiador quando não se tem conhecimentos do que se vai empreender.

Operacionalidade da cadeia de suprimentos na Região Amazônica: estudo de caso do modal hidroviário na demanda para indústria de construção naval.

DOI: 10.22533/at.ed.53021010435

Palavras chave: Navegabilidade, Empregabilidade, Qualidade

Keywords: Navigability, Employability, Quality.

Abstract:

Aiming to serve the market with the proposals for the implementation and application of the quality enginnering tools, solid and continuous fundamentals, given the working capital needs, the level of inventories and minimization of risks must be associated with the lack of material in logistics for shipbuilding customers in the Amazon. With application of tools like, cause and effect diagram, 5W2H and PDCA, results necessary for market recognition in operational capabilities. The methodology consists of study, understanding and evaluation of the methods available for carrying out the research, with a bibliographic survey and books directed to the context of the supply chain and undertakings linked to artisanal shipbuilding, it was developed with material already prepared, consisting mainly of scientific articles. In addition, the flowchart allows you to map the waterway modal, discovering where errors in services provided to customers occur. Also included is the cause and effect diagram, that made it possible to describe the deficiencies and causes. 5W2H helped provide a continuous improvement proposal and the PDCA was designed to be used as a dynamic model in which the completion of one cycle will flow at the beginning of the next. The study contributes to the literature by relating logistical supply to operational capabilities in the shipbuilding industry, in addition to the relationship between their development and supplier management in the supply chain. The structural organization chat for the waterway modal`s workforce is formed by the owner, administration, logistic technician, transport manager and the parties embarked on waterway transport such as, boat commanders, deck valet, machine mechanics, cook and heavy machine operator. The flow of the waterway modal with customers sevice logistical bases occurs in cargo mobilization, firstly the request for product transportation, boarding, accommodation, transfer and delivery to the final customer. We conclude that in the Amazon, entrepreneurship is challenging when there is no knowledge of what is going to be undertaken.

Autores

  • Fabiana Rocha Pinto
  • Jocinaldo Pessôa Garcia