Visualizações

2

CAPACIDADE DE INSTALAÇÃO E GERAÇÃO ENERGÉTICA DE SISTEMAS HÍBRIDOS NAS REGIÕES NORTE E NORDESTE

A maior fonte de geração de energia elétrica no Brasil são as hidrelétricas que apresentam baixa emissão de gases de efeito estufa, principalmente quando comparadas com as termelétricas. É uma fonte renovável visto que tem como combustível a água. A geração de energia não implica no consumo de água, deixando o recurso hídrico livre para utilização após a geração, levando em consideração que esta fonte depende das chuvas e do armazenamento de água. Uma das grandes problemáticas envolvendo a utilização desta fonte de energia são os impactos ocasionados por ela, para a instalação de hidrelétricas muitas vezes o curso do recurso hídrico precisa ser modificado com a construção de barragens, esses grandes reservatórios são necessários já que  se trata de uma fonte sazonal, essas barragens modificam todo o aspecto visual e altera as características de flora e fauna do local, o que torna de extrema importância o estudo sobre novas formas de geração de energia elétrica. Um sistema híbrido de energia propõe a junção de sistemas independentes para que uma fonte complemente a falta da outra, desta forma impedindo a interrupção do fornecimento energético. Para compreensão a respeito do comportamento desse tipo de sistema foram escolhidas duas regiões foco, o Norte e Nordeste e levantados dados através da literatura buscando a capacidade de instalação e geração de um sistema híbrido, apontando também suas principais vantagens e desvantagens. Conclui-se que tanto a região Norte que utiliza como fonte principal a hidrelétrica e alterna com a termelétrica para suprir suas necessidades como a Nordeste são passíveis de instalação de sistemas híbridos, sendo eólico-solar de melhor eficiência para a região Nordeste e Hidráulico-solar para a região Norte. A implantação desses sistemas traria enormes ganhos a população, tanto na esfera econômica quanto na ambiental, possibilitando a eficiência energética de forma sustentável, capaz de suprir as necessidades da população. 

CAPACIDADE DE INSTALAÇÃO E GERAÇÃO ENERGÉTICA DE SISTEMAS HÍBRIDOS NAS REGIÕES NORTE E NORDESTE

DOI: 10.22533/at.ed.53021010471

Palavras chave: Sistemas Híbridos, Eólico, solar, Hidráulico.

Keywords: Hybrid Systems, Wind, Solar, Hydraulic.

Abstract:

The largest source of electricity generation in Brazil are hydroelectric plants that have low greenhouse gas emissions, especially when compared to thermoelectric plants. It is a renewable source since its fuel is water, power generation does not imply water consumption, leaving the water resource free for use after generation, taking into account that this source depends on rainfall and water storage, one of the major problems involving the use of this energy source is the impacts it causes, for the installation of hydroelectric plants many times the course of the hydro resource needs to be modified with the construction of dams, these large reservoirs are necessary since it is a seasonal source, these dams modify all the visual aspect and change the characteristics of flora and fauna of the place, which makes it extremely important to study new ways of generating electricity. A hybrid energy system proposes the joining of independent systems so that one source complements the lack of the other, thus preventing the interruption of the energy supply. To understand the behavior of this type of system, two regions were chosen, the North and Northeast, and data from the literature were collected seeking the capacity to install and generate a hybrid system, also pointing out its main advantages and disadvantages. It is concluded that both the North region that uses as main source the hydroelectric and alternates with the thermoelectric to supply its needs as the Northeast are able to install hybrid systems, being wind-solar of better efficiency for the Northeast and Hydraulic-solar for the North region. The implementation of these systems would bring enormous gains to the population, both in the economic and environmental spheres, enabling energy efficiency in a sustainable manner, capable of meeting the needs of the population. 

Autores

  • Katarina da Silva Couto
  • FABIANA ROCHA PINTO