Visualizações

21

FATORES DESENCADEANTES E QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES COM ESCLEROSE MULTIPLA COM O AUXILIO DA VITAMINA D

A esclerose múltipla (EM) é uma doença autoimune, conhecida como neurodegenerativa caracterizada pela destruição da bainha de mielina. Essa doença é diagnosticada como autoimune, inflamatória, progressiva e não tem cura. Os sintomas mais citados por portadores de EM são fadiga, depressão, ansiedade e a dificuldade motora na maioria dos casos. O tratamento geralmente consiste em corticoides, interferes e dentre estes tratamentos a suplementação de vitamina D está sendo considerada como promissora, visto que a vitamina D tem efeito no sistema imunológico, constando como um imunorregulador que inibe seletivamente o tipo de resposta imunológica que provoca a reação contra o próprio organismo. Por tanto a problemática, do presente artigo em tela, tende a refletir sobre: como os pacientes portadores da esclerose múltipla que fazem tratamento com vitamina D tem  a possibilidade de uma melhor qualidade de vida? Atrelando a junto a problemática, o objetivo geral: compreender a qualidade de vida através do auxílio da vitamina D em paciente com esclerose múltipla. A partir deste primeiro ponto de vista, foram desenvolvidos três objetivos específicos: conceituar esclerose múltipla; refletir sobre os efeitos da vitamina D; e apontar como este pode contribuir para uma melhor qualidade de vida de pacientes com esclerose múltipla. Metodologia: revisão narrativa de literatura. Considerações finais: A partir do exposto, é perceptível que a vitamina D tem uma boa interação com o sistema imune, que por sua vez fortalece as células imunológicas fazendo com que elas não ataquem o próprio organismo.

FATORES DESENCADEANTES E QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES COM ESCLEROSE MULTIPLA COM O AUXILIO DA VITAMINA D

DOI: 10.22533/at.ed.08321020211

Palavras chave: Imunidade - Esclerose múltipla - Uso vitamina D - Qualidade de vida.

Keywords: Immunity - Multiple sclerosis - Vitamin D use - Quality of life.

Abstract:

Multiple sclerosis (MS) is an autoimmune disease, known as neurodegenerative disease characterized by destruction of the myelin sheath. This disease is diagnosed as autoimmune, inflammatory, progressive, and has no cure. The most commonly cited symptoms of MS are fatigue, depression, anxiety and motor difficulty in most cases. The treatment usually consists of corticoids, interferes and among these treatments vitamin D supplementation is being considered as promising, since vitamin D has an effect on the immune system, consisting as an immunoregulator that selectively inhibits the type of immune response that causes the reaction against the body itself. Therefore the problem, of this article on screen, tends to reflect on: how patients with multiple sclerosis who are treated with vitamin D have the possibility of a better quality of life? Together with the problem, the general objective: to understand the quality of life through the aid of vitamin D in patients with multiple sclerosis. From this first point of view, three specific objectives were developed: to conceptualize multiple sclerosis; to reflect on the effects of vitamin D; and to point out how this can contribute to a better quality of life for patients with multiple sclerosis. Methodology: narrative literature review. Final considerations: From the above, it is noticeable that vitamin D has a good interaction with the immune system, which in turn strengthens the immune cells so that they do not attack the body itself

Autores

  • Dra. Severina Rodrigues de Oliveira Lins
  • Pedro Henrique Barbosa de Sousa