Visualizações

41

ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA NERVOSA TRANSCUTÂNEA NO MANEJO DA DOR LOMBAR CRÔNICA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA

Introdução: Lombalgia crônica (LC) é uma condição debilitante, associada à comorbidade e a altos custos de saúde, sendo que a estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS) é uma alternativa não farmacológica usada no tratamento dessa dor. Objetivo: Revisar a literatura atual sobre a eficácia da TENS no manejo da dor lombar crônica. Metodologia: Foi realizada uma revisão sistemática da literatura nos bancos de dados PubMed com os descritores “(Transcutaneous Electric Nerve Stimulation OR TENS) AND Chronic low back pain”, sendo selecionados apenas os estudos randomizados e ensaios clínicos dos últimos 5 anos (n=30). Foram excluídos estudos discordantes dos objetivos (n=14). Ressultados e Discussão: Um estudo randomizado demonstrou que o uso de TENS foi eficaz no tratamento de pacientes com LC, de sorte que analgesia induzida por aplicações de 30 minutos apresentou duração média de 10,5 horas. Ademais, outros dois estudos concordaram que TENS, por 2 horas/dia durante 3 meses, corroborou diminuição da intensidade da dor de pacientes com LC. Em relação aos efeitos analgésicos a longo prazo, um estudo prospectivo concluiu que pacientes com LC, que utilizaram TENS de 4 a 6 vezes no dia, por 2 semanas, tiveram redução de 28% da intensidade da dor nos seis meses subsequentes a terapia. Em desacordo, outro estudo prospectivo, randomizado, constatou que sessões diárias de 1 hora de TENS por três meses não apresentaram resultados significativos no manejo da LC após 6 semanas do fim da terapia (p=0,351). Conclusão: A TENS se mostrou eficaz na redução da dor a curto prazo de pacientes com LC, entretanto, a literatura analisada mostrou-se incerta quanto ao uso para tratamento a longo prazo, carecendo de estudos de melhor qualidade metodológica nesse aspecto.

ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA NERVOSA TRANSCUTÂNEA NO MANEJO DA DOR LOMBAR CRÔNICA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA

DOI: 10.22533/at.ed.0762109026

Palavras chave: Lombalgia crônica, estimulação elétrica nervosa transcutânea, TENS.

Keywords: Chronic low back pain, transcutaneous electrical nerve stimulation,TENS.

Abstract:

Introduction: Chronic low back pain (LBP) is a debilitating condition associated with comorbidity and high cost of healthcare, and transcutaneous electrical nerve stimulation (TENS) is a non-pharmacological alternative used to treat this kind of pain. Objective: Review the current literature about the effectiveness of TENS in the management of chronic low back pain. Methodology: We performed a systematic literature review from the database PubMed with the descriptors “(Transcutaneous Electric Nerve Stimulation OR TENS) AND Chronic low back pain” )in which we selected only the randomized studies and the clinical trials from the last five years. Studies that diverged from the objectives were excluded (n = 14). Results and Discussion: A randomized study demonstrated that the use of TENS was effective in treating patients with LC and the analgesia induced by 30-minute applications had an average duration of 10.5 hours. In addition, two other studies agreed that TENS applied for two hours/day during three months helped with decreasing the pain intensity of patients with LC. Regarding the long-term analgesic effects, a prospective study concluded that patients with LC, who used TENS four to six times a day, for two weeks, had a 28% reduction in pain intensity in the six months following therapy. In dissimilarity, another prospective randomized study found that daily sessions of one hour of TENS for three months did not show significant results in the management of LC six weeks after the end of therapy (p = 0.351). Conclusion: The TENS proved effective in reducing the pain of patients with low back pain for the short-term, however, the analyzed literature showed uncertainty with its use for long-term treatment, requiring studies with better methodology quality in this aspect.

Autores

  • Yuri Borges Bitu de Freitas
  • Caio de Almeida Lellis
  • Weldes Francisco da Silva Junior
  • Ana Beatriz Ferro de Melo
  • Samyla Coutinho Paniago
  • Caroline Dourado Pinheiro
  • Jordana Gonçalves de Miranda Amaral
  • Bruno Coelho Duarte Oliveira
  • Giovanna Garcia de Oliveira
  • Camila Puton
  • Laura Prado Siqueira
  • Ledismar José da Silva