Visualizações

5

PRESENÇA DE PARASITOSES EM TOMATES (Solanum lycopersicum) COMERCIALIZADOS NAS FEIRAS LIVRES DE SANTARÉM – PA

INTRODUÇÃO: Há muitos anos as hortaliças frescas, especialmente os tomates (Solanum lycopersicum) estão presentes na dieta de muitas pessoas devido seus valores nutricionais, preparo simples e baixo custo de produção. Apesar de todo o benefício nutricional das hortaliças, estas podem veicular diversos tipos de parasitos capazes de provocar doenças em seres humanos. OBJETIVO: Este estudo tem como objetivo verificar, identificar e quantificar a presença de parasitas em tomates (Solanum lycopersicum) produzidos e comercializados em feiras livres do município de Santarém, localizado no interior do Pará. METODOLOGIA: Foram coletadas dez amostras de quatro feiras livres localizada na área urbana do município, totalizando quarenta amostras. As amostras foram lavadas individualmente e o líquido obtido foi analisado por sedimentação e flutuação. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Não houve nenhum tipo de contaminação parasitológica nas amostras. Os resultados alcançados neste estudo revelam que os agricultores e vendedores estão agindo corretamente no cultivo e manejo dos tomates, apesar de ser possível encontrar déficits na infraestrutura e saneamento básico nas feiras livres do município. CONCLUSÃO: Mais estudos com este mesmo objetivo devem ser realizados, não somente com tomates, mas, envolvendo outras olerícolas, para assim ser alcançado, de fato, resultados concretos.

PRESENÇA DE PARASITOSES EM TOMATES (Solanum lycopersicum) COMERCIALIZADOS NAS FEIRAS LIVRES DE SANTARÉM – PA

DOI: 10.22533/at.ed.54321012013

Palavras chave: Tomates. Infecção. Feira Livre.

Keywords: Tomatoes. Infection. Free Trade Fair.

Abstract:

INTRODUCTION: For many years’ fresh vegetables, especially tomatoes (Solanum lycopersicum) have been present in many people's diet due to their nutritional values, simple preparation and low production cost. Despite all the nutritional benefit of vegetables, they can carry several types of parasites capable of causing disease in humans. OBJECTIVE: This study aims to verify, identify and quantify the presence of parasites in tomatoes (Solanum lycopersicum) produced and sold in free markets in the municipality of Santarém, located in the interior of Pará. METHODOLOGY: Ten samples were collected from four fairs located in the urban area of the municipality, totaling forty samples. The samples were washed individually, and the liquid obtained was analyzed by sedimentation and flotation. RESULTS AND DISCUSSION: There was no type of parasitological contamination in the samples. The results achieved in this study reveal that farmers and vendors are acting correctly in the cultivation and management of tomatoes, although it is possible to find deficits in infrastructure and basic sanitation in free markets in the municipality. CONCLUSION: More studies with this same objective must be carried out, not only with tomatoes, but, involving other olerícolas, to achieve concrete results.

Autores

  • Lília Maria Nobre Mendonça de Aguiar.
  • LUANA CAROLINE FROTA DA CONCEIÇÃO
  • Domingas Machado da Silva
  • Jocireudo de Jesus Carneiro Aguiar
  • Edson Alves Menezes Júnior
  • Bruna Jaqueline Sousa da Silva