Visualizações

6

PERFIL DAS INTERNAÇÕES POR DOENÇAS RESPIRATÓRIAS EM CRIANÇAS ATÉ 5 ANOS EM MATO GROSSO, 2017

As doenças respiratórias são uma das principais causas de morbimortalidade da população, e o presente trabalho teve como objetivo avaliar os fatores de risco, proteção e as principais características das internações por doenças respiratórias em crianças de até 5 anos de idade no estado de Mato Grosso no ano de 2017. Trata-se de um estudo transversal feito por meio dos dados do Sistema de Informação Hospitalar (SIH-DATASUS) através do DwWeb da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT). Observou-se que de 15.897 internações hospitalares no ano de 2017, 5.595 foram associadas às doenças respiratórias. Em relação ao sexo houve 4% a mais de internações do sexo masculino em comparação com o feminino. Quanto a idade, a incidência de internação na faixa etária de 1 a 5 anos foi 6 vezes maior que a da faixa etária de menores de 1 ano. Quanto a zona residencial houve 62% a mais de internações por doenças respiratória em residentes do interior. Com isso, concluiu-se que o sexo masculino, crianças na faixa etária de 1 a 5 anos, e zona residencial localizada no interior do estado são fatores de risco para internação por doenças respiratórias. Ademais, ao contrário do que se esperava, o período climático de chuva ou seca não influencia no número de internações por doenças respiratórias.

PERFIL DAS INTERNAÇÕES POR DOENÇAS RESPIRATÓRIAS EM CRIANÇAS ATÉ 5 ANOS EM MATO GROSSO, 2017

DOI: 10.22533/at.ed.07621090212

Palavras chave: Internações. Doenças respiratórias. Fator de risco. Crianças.

Keywords: Hospitalizations. Respiratory diseases. Risk factor. Children

Abstract:

Respiratory diseases are one of the main causes of population morbidity and mortality, and the present study aimed to evaluate the risk factors, protection factors and main characteristics of hospitalizations of respiratory diseases in children up to 5 years old in the state of Mato Grosso in the year 2017. This is a cross-sectional study carried out using data from the Hospital Information System (SIH-DATASUS) through the DwWeb of the State Department of Health (SES-MT). It was observed that out of 15,897 hospital admissions in 2017, 5,595 were associated with respiratory diseases. Regarding gender, there were 4% more hospitalizations of males than women. As for age, the incidence of hospitalization in the age group from 1 to 5 years old was 6 times higher than in the age group of children under 1 year old. As for the residential area, there was 62% more hospitalizations for respiratory diseases in Mato Grosso’s inland cities. Thus, it was concluded that males, children aged 1 to 5 years and living on inland cities of the state are risk factors for hospitalization for respiratory diseases. In addition, contrary to what was expected, the climatic period of rain or drought does not influence the number of hospitalizations for respiratory diseases.

Autores

  • Letícia Nunes Torres
  • Maria Luisa Ribeiro Pissolato
  • Vanessa Maria Almeida Araujo
  • Ageo Mário Candido da Silva
  • Rosa Maria Elias
  • Hugo Dias Hoffmann-Santos