Visualizações

6

APRENDIZAGEM PARA A TRANSFORMAÇÃO SOCIAL NA ATIVIDADE EXTENSIONISTA

Questões ambientais implícitas nas discussões atuais das áreas e interdisciplinares revelam a importância do desenvolvimento urbano de modo sustentável e a relevância da implementação deste modelo em bases participativas, na aplicação de soluções que visem à busca pela melhoria na qualidade de vida nos dias presentes sem prejuízos para as próximas gerações. Esse estudo insere-se nesse contexto de uma sociedade em transformação que discute suas questões sob uma perspectiva que supera o binômio da preservação e o desenvolvimento, a caminho da sustentabilidade. Na premissa que, novas formas possíveis ao diálogo IES/Município atinjam desdobramentos para as políticas orientadas às mudanças sociais, visando alcançar efetividade para a sustentabilidade, organizou experiência de natureza aplicada em pesquisa-ação estendida aos colaboradores municipais sob o paradigma da indissociabilidade ensino-pesquisa-extensão, numa perspectiva pedagógica recíproca, na realização de trabalhos concretos sobre a realidade, precedida de atividades sensibilizadoras, estimulando-se a avaliação de sustentabilidade aplicada aos indicadores sociais. Aferiu resultados de aprendizagem e mudanças consequentes com rebatimentos para a comunidade que corrobora com o paradigma extensionista enquanto prática de transformação social; diálogo que contribui para a sustentabilidade. Aponta caminhos metodológicos para a sociologia aplicada à gestão de políticas em conformidade com os movimentos globais e Políticas Nacionais de Educação para o desenvolvimento com sustentabilidade. 

APRENDIZAGEM PARA A TRANSFORMAÇÃO SOCIAL NA ATIVIDADE EXTENSIONISTA

DOI: 10.22533/at.ed.1442108021

Palavras chave: Aprendizagem. Transformação social. Gestão de Políticas. Avaliação de Políticas Públicas. Política Nacional de Educação Ambiental PNEA.

Keywords: Learning. social transformation. Public Policies Assessment. Environmental Education.

Abstract:

Environmental issues implicit in the current discussions in the areas and interdisciplinary, point to the importance of urban development in a sustainable way, as well as reveal the relevance of the implementation of this model in participatory bases, in the application of solutions that seek to improve in the quality of life in the present day and the guarantee of growth with positive prospects for the future without prejudice to the next generations. This study is inserted in a changing society that discusses its issues from a perspective that goes beyond the binomial of preservation and development toward sustainability. On the premise that new forms possible for the HEIS / Municipality dialogue reach unfolding for policies oriented to social change for local sustainability, aiming at achieving effectiveness in the extensionist dialogue for sustainability, an applied research was organized in the form of action research, extended to municipal employees by way of learning extension practice, in the associated Extension, with the Education, and the Research. Aimed achieving work on the reality, preceded by sensitizing activities, motivated the practice for sustainability assessment applied to social indicators. Measured the learning outcomes and the resulting changes with feedback to the community. It corroborates with the extensionist paradigm as a practice of social transformation like dialogue that contributes to sustainability. It points out methodological paths for applied sociology to the management of policies in agreement with global movements and National Policies of Education for the development with sustainability. 

Autores

  • Alessandra Mantovaneli
  • David Ranieri Bulgari
  • Simone Ferreira de Sousa
  • Liliane Cristine Schlemer Alcântara
  • Érica Crespi Amêndola