Visualizações

10

APLICAÇÃO DE JOGO DIDÁTICO COMO FERRAMENTA AUXILIAR NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE QUÍMICA ORGÂNICA.

Durante muito tempo o ensino de Química estruturou-se por meio de práticas de memorização, de conceitos e de fórmulas que contribuíram para a desmotivação de aprender e estudar Química. Em oposição a essas dificuldades os jogos didáticos vêm ganhando destaque nas salas de aula, espaço em que os professores os utilizam como ferramenta para complementar seus recursos educativos, oportunizando aulas mais dinâmicas e interativas. Nesse sentido, o presente estudo teve por objetivo compreender a importância do jogo didático no processo de ensino-aprendizagem na disciplina de Química Orgânica do Ensino Médio, e a sua implicação no processo de melhorias das aprendizagens dos alunos de 3º ano de uma escola pública de Teresina-PI. A metodologia adotada pauta-se numa pesquisa descritiva de abordagem quanto qualitativa, cujos procedimentos consistiram de pesquisa bibliográfica para fundamentação teórica do tema, construção do jogo diadático denominado “Contagem de Carbonos” e sua aplicação em aulas de Química Orgânica de duas turmas do 3º ano do Ensino Médio, e seguidamente, foram realizadas as análises dos dados levantados. Participaram da pesquisa 50 alunos, com os quais foram aplicados dois testes denominados de pré-teste e pós-teste, realizados antes e depois da aplicação do jogo, respectivamente. Os testes consistiram de questões sobre os conteúdos de ensino trabalhados durante as 10 (dez) aulas ministradas sobre o tema hidrocarbonetos. As questões apresentavam o mesmo grau de dificuldade, permitindo uma análise comparativa dos rendimentos dos alunos antes e depois da atividade lúdica realizada. A aplicação do jogo proporcionou grande motivação e interesse aos alunos, e uma maior integração entre eles. Também foi constatada uma maior porcentagem de acertos das questões do pós-teste, evidenciando melhorias nas aprendizagens desses alunos. Conclui-se que o desenvolvimento de atividades lúdicas, como o jogo didático, contribuiu positivamente na aprendizagem dos discentes, configurando-se como importante alternativa para auxiliar o ensino de Química. 

APLICAÇÃO DE JOGO DIDÁTICO COMO FERRAMENTA AUXILIAR NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE QUÍMICA ORGÂNICA.

DOI: 10.22533/at.ed.6312020116

Palavras chave: Metodologia Alternativa, Lúdica, Jogo Didático, Química Orgânica.

Keywords: Alternative methodology, Playful, Educational Game, Organic Chemistry

Abstract:

For a long time the teaching of Chemistry was structured through the practice of memorizing concepts and formulas, which contributed to the demotivation of learning and studying chemistry. In opposition to these difficulties, didactic games have been gaining prominence in classrooms, a space where teachers use them as a tool to complement their educational resources, providing more dynamic and interactive classes. In this sense, this study aimed to understand the importance of the didactic game in the teaching-learning process in the organic chemistry discipline of High School and its implication in the process of improving the learning of third year students of a public school in Teresina-PI. The methodology adopted is based on a descriptive research with a quantitative and qualitative approach, whose procedures consisted of bibliographic research for theoretical foundation of the theme, construction of the didactic game called “Carbon Counting” and its application in organic chemistry classes of two third grade classes. High School and then the data collected were analyzed. Fifty students participated in the research, with which two tests were applied, called pre-test, and post-test, performed before and after the application of the game, respectively. The tests consisted of questions about the teaching contents worked during the 10 (ten) classes taught on the topic of hydrocarbons. The questions presented the same degree of difficulty, allowing a comparative analysis of the students' earnings before and after the play activity performed. The application of the game provided great motivation and interest of the students and a greater integration between them. There was also a higher percentage of correct answers in the post-test questions, showing improvements in students' learning. It is concluded that the development of ludic activities, like the didactic game, contributed positively in the students' learning, configuring itself as an important alternative to assist the teaching of Chemistry. 

Autores

  • Herbert Gonzaga Sousa
  • Patrícia e Silva Alves
  • Aline Aparecida Carvalho França
  • Maciel Lima Barbosa
  • Gilmânia Francisca Sousa Carvalho
  • Renata da Silva Carneiro
  • Dihêgo Henrique Lima Damacena
  • Beneilde Cabral Moraes
  • Valdiléia Teixeira Uchôa
  • Katiane Cruz Magalhães Xavier
  • Rita de Cássia Pereira Santos Carvalho
  • Geraldo Eduardo da Luz Júnior