A importância do Xadrez como ferramenta pedagógica na escola

O Xadrez é um dos jogos mais antigos conhecidos pela civilização, caracterizado desde sua origem como um jogo capaz de construir grandes intelectos. Nas últimas décadas, tem sido alvo de pesquisas para averiguar suas consequências cognitivas e sociais no desenvolvimento humano. O objetivo do presente trabalho é investigar a importância do Xadrez como ferramenta pedagógica escolar. Para isso, se aplicará o Teste de Quociente de Inteligência (QI), segundo a Escala de Inteligência de Stanford-Binet, aos alunos praticantes e não praticantes da modalidade. Os resultados demonstraram maiores índices de acertos (P = 25,77 ± 8,38; NP = 22,4 ± 9,23) e de score (P = 103,42 ± 18,98; NP = 97,74 ± 17,18) para os alunos praticantes de Xadrez. A alta oscilação observada no desvio padrão dos scores se dá pelo fato da pontuação variar segundo a idade do indivíduo. Se um indivíduo tiver o mesmo número de acertos do que o outro, mas for mais jovem, seu score será maior. Estudos futuros deveriam ser feitos com vistas o relato desde sua chegada ao Brasil, bem como de sua expansão ao longo dos anos. Além disso, sugerimos estudos futuros com avaliações pré e pós intervenção, com uma faixa etária mais homogênea para melhor averiguação.

A importância do Xadrez como ferramenta pedagógica na escola

DOI: 10.22533/at.ed.9251802124

Palavras chave: Xadrez; História do Xadrez; Ferramenta Pedagógica.

Keywords: Chess; History of Chess; Pedagogical Tool.

Abstract:

Chess is one of the oldest games known by civilization, since its genesis is recognized as a builder of strong intellects. On the last decades, it has been target on researches to certify its consequences on cognitive and social human development. The goal of this article is to investigate the importance of Chess as a pedagogical tool to school. For this reason, we applied the Quociente of Intelligence Test (QI), according to Stanford-Binet Scale of Intelligence, for those who are or not chess players. The results showed higher scores (P = 25,77 ± 8,38; NP = 22,4 ± 9,23) and pontuation (P = 103,42 ± 18,98; NP = 97,74 ± 17,18) for the students of Chess. The high oscillation observed in the standard deviation of the scores is due to the fact that the score varies according to the age of the individual. If an individual has the same number of hits as the other but is younger, his score will be higher. Future studies should be done with regard to the report since its arrival in Brazil, as well as its expansion over the years. In addition, we suggest future studies with pre and post intervention evaluations, with a more homogeneous age group for better investigation.

Autores

  • André Barbosa de Lima