Visualizações

48

ACESSIBILIDADE ARQUITETÔNICA: Identificação de barreiras em edificação escolar e proposição de adequações com base na NBR 9050:2020 e NBR 16537:2016

A acessibilidade consiste em permitir, facilitar e garantir o acesso de todas as pessoas com mobilidade reduzida, com deficiências físicas ou mentais a todos os lugares existentes, do cotidiano ou não. Garantir a acessibilidade nas construções presentes e futuras é uma forma importante de inclusão social e de efetivar o direito do indivíduo, sendo, portanto, a adequação de edifícios escolares um caminho imprescindível para a educação de qualidade. Nesse contexto, a presente pesquisa consiste em identificar barreiras arquitetônicas existentes em um edifício escolar da cidade de Maringá-PR e propor soluções em projeto para essas barreiras à luz da ABNT NBR 9050:2020 e ABNT NBR 16537:2016.  Para tanto, após a revisão de literatura, deu-se a realização do estudo de campo, que consistiu na visita ao bloco em análise junto de pessoas com deficiência, a fim de analisar as barreiras arquitetônicas e encontrar possíveis soluções a partir de normas e de vivência dos usuários. Foram, assim, quantificadas as barreiras existem no trajeto, e quantas vezes elas se repetem em um pavimento do edifício. Após a coleta e análise dos resultados, constatou-se que as barreiras arquitetônicas se assemelham a de muitos outros ambientes e impedem pessoas com deficiência de conviver e desfrutar de inúmeras atividades. Portanto, é necessário maior cuidado com o detalhamento em projeto arquitetônico a fim de adequar estes para que pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida consigam chegar até as construções e usufruir de maneira autônoma e confortável.

ACESSIBILIDADE ARQUITETÔNICA: Identificação de barreiras em edificação escolar e proposição de adequações com base na NBR 9050:2020 e NBR 16537:2016

DOI: 10.22533/at.ed.7642008103

Palavras chave: Rota acessível; Inclusão; Barreiras Ambientais.

Keywords: Accessible route; Inclusion; Environmental Barriers.

Abstract:

Accessibility consists of allowing, facilitating and guaranteeing access for all people with reduced mobility, physical or mental disabilities to all existing locations, daily or not. Ensuring accessibility in current and future buildings is an important form of social inclusion and the guarantee of individual rights, and the adequacy of school buildings is an essential path to quality education. In this context, the present research consists of identifying existing architectural barriers in a school building in Maringá-PR and proposing design solutions for these barriers based on ABNT NBR 9050: 2020 and ABNT NBR 16537: 2016. In this way, after the literature review, a field study was carried out, which consisted of visiting the school block with people with disabilities, in order to analyze architectural barriers and find possible solutions based on standards and user experience. Thus, the barriers that exist along the way were quantified and how many times they are repeated on one building floor. After collecting and analyzing the results, it was found that the architectural barriers resemble those of many other environments and prevent people with disabilities from living and enjoying numerous activities. Therefore, it is necessary to be more careful with the details of the architectural project in order to adapt them so that people with disabilities or reduced mobility can reach the buildings and enjoy them in an autonomous and comfortable way.

Autores

  • Karla Alberini do Amaral
  • Hugo Sefrian Peinado