Visualizações

6

CANABINOIDES DE ORIGEM NATURAL, SEMISSINTÉTICA E SINTÉTICA: REVISÃO DA LITERATURA

Planta medicinal é toda espécie vegetal, cultivada ou não, utilizada com propósitos terapêuticos e/ou de profilaxia para alguma condição de saúde. A Cannabis pertence à família Cannabaceae, possuindo três variedades distintas (C. sativa, C. indica e C. ruderalis), comuns no centro e sul da Ásia. Além dos compostos comuns a outras plantas, esse gênero produz um grupo específico de substâncias conhecidas como canabinoides (compostos terpenofenólicos). Esse trabalho tem por objetivo realizar uma revisão da literatura sobre as propriedades gerais dos canabinoides de origem natural, semissintética e sintética. Foram feitas buscas nas bases de dados Science Direct, MEDLINE (PubMed), Scielo, Web of Science e Lilacs, em português e inglês, utilizando os termos canabinoides e síntese combinadas entre si, além de buscar pelas substâncias mais citadas separadamente. Foram utilizadas as publicações dos últimos 10 anos. Concluiu-se que os canabinoides são substâncias com potencial biológico para tratamento de diversas condições patológicas, mas ainda existe a necessidade de estudos para comprovar segurança e eficácia. A síntese de análogos se mostra como uma forma de obter produto em maiores quantidades, além de promover aumento do efeito e tempo de duração em alguns casos, porém também necessitam de estudos mais aprofundados para avaliar sua segurança.

CANABINOIDES DE ORIGEM NATURAL, SEMISSINTÉTICA E SINTÉTICA: REVISÃO DA LITERATURA

DOI: 10.22533/at.ed.6482020114

Palavras chave: Cannabis sativa; análogos; THC; CBD

Keywords: Cannabis sativa; analogous; THC; CBD

Abstract:

Medicinal plant is any vegetable species, cultivated or not, used for therapeutic and/or prophylactic purposes for any health condition. Cannabis belongs to the Cannabaceae family, having three distinct varieties (C. sativa, C. indica and C. ruderalis), common in central and southern Asia. In addition to compounds common to other plants, this genus produces a specific group of substances known as cannabinoids (terpenophenolic compounds). This work aims to perform a literature review on the general properties of natural, semi-synthetic and synthetic cannabinoids. Searches were made in the databases Science Direct, MEDLINE (PubMed), Scielo, Web of Science and Lilacs, in Portuguese and English, using the terms cannabinoids and synthesis combined with each other, in addition to searching for the most commonly cited substances. Publications from the last 10 years were used. It was concluded that cannabinoids are substances with biological potential for the treatment of several pathological conditions, but there is still a need for studies to prove safety and efficacy. The synthesis of analogues is shown as a way to obtain product in larger quantities, in addition to promoting an increase in the effect and duration in some cases, but they also need more in-depth studies to assess their safety.

Autores

  • Antônia Maria das Graças Lopes Citó
  • Ian Vieira Rêgo
  • Fabio Batista Costa