Visualizações

9

Aproveitamento de resíduos agroindustriais para produção de enzimas celulolíticas por Streptomyces capoamus

As celulases são enzimas hidrolíticas que possuem diversos potenciais de aplicação. No entanto, a produção dessa enzima é cara, de forma que seu preço acaba sendo um obstáculo na sua aplicabilidade, nesse sentido se estuda a utilização de resíduos agroindustriais como substratos na produção enzimática, de forma que leve a uma redução do custo da mesma. Sendo assim, o trabalho tem o objetivo de utilizar resíduos de bagaço de malte e cascas de abacaxi como fonte de carbono para a produção de celulases utilizando a actinobactéria Streptomyces capoamus. Os resíduos foram obtidos em mercados da cidade de Manaus/AM. Foi feito o pré-inóculo da actinobactéria, em seguida, a solução foi cultivada em Erlenmeyers contendo meio ISP2 modificado, onde as fontes de carbono foram substituídas pelos resíduos agroindustriais, posteriormente foram cultivados em shaker e alíquotas diárias foram retiradas para análises da quantificação enzimática, seguida da escolha da melhor fonte de carbono. O cultivo utilizando bagaço de malte obteve 2,9 U/mL como sua melhor atividade, no segundo dia de cultivo, já o cultivo utilizando a casca de abacaxi, apresentou um pico de 8,47 U/mL. Dessa forma, o resíduo de abacaxi foi selecionado como o resíduo que mais favorece a produção de celulases por Streptomyces capoamus, visando um aumento da atividade enzimática, deve-se buscar a otimização das condições de cultivo, além da purificação do extrato enzimático.

Aproveitamento de resíduos agroindustriais para produção de enzimas celulolíticas por Streptomyces capoamus

DOI: 10.22533/at.ed.6622018111

Palavras chave: Celulases; fermentação; actinobactéria

Keywords: Cellulases; fermentation; actinobacteria

Abstract:

Cellulases are hydrolytic enzymes that have multiple potentials of application. However, the production of this enzyme is expensive, so its price ends up being an obstacle in its applicability, in this way the use of agro-industrial residues as substrates in the enzymatic production is studied, in a way that leads to a reduction in the cost of it. Therefore, the present work aimed to use malt bagasse residues and pineapple peels as a carbon source for the production of cellulases using the actinobacteria Streptomyces capoamus. The residues were obtained in markets in the city of Manaus / AM. The actinobacteria pre-inoculum was done, then the solution was grown in Erlenmeyers containing modified ISP2 medium, where the carbon sources were replaced by agro-industrial residues, later they were grown in a shaker and daily aliquots were removed for analysis of enzymatic quantification, followed by the choice of the best carbon source. Cultivation using malt bagasse obtained 2.9 U/mL as its best activity, on the second day of cultivation, whereas cultivation using pineapple, showed a peak of 8.47 U/mL. Thus, the pineapple residue was selected as the residue that most favors the production of cellulases by Streptomyces capoamus, aiming at increasing the enzymatic activity, the optimization of the cultivation conditions should be pursued, in addition to the purification of the enzymatic extract.

Autores

  • Thaís Santiago do Amaral
  • Lucas de Souza Falcão
  • Victória Carolina Siqueira Mena Barreto
  • Sergio Duvoisin Junior
  • Patrícia Melchionna Albuquerque
  • Rafael Lopes e Oliveira