Visualizações

2

ADSORÇÃO DO CORANTE AZUL DE METILENO EM ARGILA ORGANOFÍLICA COMERCIAL

Os objetivos deste trabalho foram estudar o potencial de remoção do corante azul de metileno pelo processo de adsorção em uma argila organofílica comercial, caracterizar a argila organofilica empregada e avaliar o efeito da temperatura no processo de adsorção do corante azul de metileno. A argila foi caracterizada a partir de uma análise textural, DRX, MEV, EDX, TGA e FTIR. Os testes de adsorção foram realizados em processo descontínuo, alterando a concentração de corante e temperatura para obter as isotermas de adsorção e calcular os parâmetros termodinâmicos. O modelo de Langmuir foi o que melhor se ajustou aos dados experimentais e as isotermas apresentaram características favoráveis de adsorção. Além disso, o processo provou ser espontâneo, exotérmico e capaz de reduzir a entropia do processo. A argila organofílica foi eficiente na remoção do azul de metileno, obtendo uma quantidade máxima adsorvida de 989,8 mg g-1 de corante, na menor temperatura estudada.

ADSORÇÃO DO CORANTE AZUL DE METILENO EM ARGILA ORGANOFÍLICA COMERCIAL

DOI: 10.22533/at.ed.6622018117

Palavras chave: argila organofílica, corante, adsorção, parâmetros termodinâmicos, azul de metileno

Keywords: organophilic clay, dye, adsorption, thermodynamic parameters, methylene blue

Abstract:

The objectives of this work were to study the potential for removal of the methylene blue dye by the adsorption process in a commercial organophilic clay, to characterize the organophilic clay employed and to evaluate the effect of temperature on the process of adsorption of the methylene blue dye. The clay was characterized from a textural analysis, XRD, SEM, EDS, TGA and FTIR. The adsorption tests were carried out in a batch process, changing the dye concentration and temperature to obtain the adsorption isotherms and calculate the thermodynamic parameters. The Langmuir model was the one that best fit the experimental data and the isotherms showed favorable adsorption characteristics. In addition, the process proved to be spontaneous, exothermic and capable of reducing the entropy of the process. Organophilic clay was efficient in removing methylene blue, obtaining a maximum adsorbed amount of 989.8 mg g-1 of dye, at the lowest temperature studied. 

Autores

  • Ramiro Picoli Nippes
  • Thaísa Frossard Coslop
  • Fernando Henrique da Silva
  • Gabriela Nascimento da Silva
  • Paula Derksen Macruz
  • Patrícia Lacchi da Silva
  • Mara Heloísa Neves Olsen Scaliante