Visualizações

2

CELULOSE NANOFRIBRILADA FUNCIONALIZADA COM GRUPOS DICIANOVINIL: REDUÇÃO ELETROQUÍMICA DE CO2

A celulose tem sido considerada uma das fontes renováveis mais ilimitadas de biopolímero da terra. Ela tem atraído atenção devido as suas características físico-químicas como biocompatibilidade, baixa toxicidade, biodegrabilidade, baixa densidade, alta resistência, estável a solventes orgânicos, além de possuir hidroxilas que permitem a sua modificação química, podendo melhorar a condutividade e a transferência de elétrons na matriz polimérica, que são características importantes para o uso em eletrocatálise. Neste trabalho a celulose nanofibrilada (CNFs) foi funcionalizada com grupos dicianovinilicos por meio de uma substituição nucleofílica vinílica (SNV) e utilizada como eletrocatalisador para o estudo da reação de redução eletroquímica de CO2. A introdução de grupos dicianovinil na estrutura da nanocelulose melhorou a atividade eletrocatalítica quando comparada a nanocelulose pura, deslocando o início da reação de redução de CO2 para valores mais positivos comparada a reação com argônio.

CELULOSE NANOFRIBRILADA FUNCIONALIZADA COM GRUPOS DICIANOVINIL: REDUÇÃO ELETROQUÍMICA DE CO2

DOI: 10.22533/at.ed.63120201121

Palavras chave: Nanofibrilas de celulose, substituição nucleofílica vinílica, redução eletroquímica de CO2.

Keywords: Cellulose nanofiber, nucleophilic vinylic substitution, electrochemical CO2 reduction

Abstract:

Cellulose has been considered one of the most unlimited renewable sources of biopolymer on Earth. It has attracted attention due to its physical-chemical characteristics such as biocompatibility, low toxicity, biodegradability, low density, high strength, stable to organic solvents, in addition to having hydroxyls that allow its chemical modification, which can improve conductivity and electron transfer in the polymeric matrix, which are important characteristics for use in electrocatalysis. In this work, the nanofibrillated cellulose (CNFs) was functionalized with dicyanovinyl groups through a nucleophilic vinylic substitution (SNV) and used as an electrocatalyst for the study of the electrochemical CO2 reduction reaction. The dicyanovinyl groups introduction in the nanocellulose structure improved the electrocatalytic activity when compared to pure nanocellulose, shifting the onset of the CO2 reduction reaction to more positive values as compared to the reaction with argon.

Autores

  • Robson
  • Thais
  • Aparecido Junior
  • Kênia