Visualizações

8

Flutuação populacional e coloração de adultos de Diaphorina citri em Citrus limonia em condição controlada de laboratório

Diaphorina citri Kuwayama (Hemiptera: Liviidae) é vetor de Huanglongbing (HLB) dos citros. Estratégias de controle biológico vêm sendo uma opção e demandam disponibilidade de fases imaturas de D. citri para manter suas criações. Murraya paniculata é utilizada como hospedeiro-planta em criações. A literatura técnica indicou Citrus limonia favorecendo maior quantidade inicial de posturas, implicando em maior disponibilidade do inseto. O objetivo deste trabalho foi avaliar a flutuação populacional de adultos de D. citri em Citrus limonia em condição controlada de laboratório de criação, a partir de infestações iniciais de ninfas coletadas de criação em M. paniculata e acompanhadas por gerações sucessivas. Sexagens foram realizadas disponibilizando razões sexuais em períodos diferenciados.  Colorações abdominais de machos e de fêmeas jovens foram determinadas após gerações sucessivas de D. citri em C. limonia. No período de acompanhamento de adultos obtidos das ninfas de murta (1 a 22 dias do início do experimento - DDE) foram constatadas a viabilidade ninfal de 87,8 ± 11,7 %, a emergência máxima de adultos após 8,7 ± 4,0 dias da infestação ninfal e a razão sexual (RS) de 0,54 ± 0,07. No período com adultos alimentados exclusivamente de C. limonia por gerações sucessivas (23 a 113 DDE) foram constatados 118,3 ± 33,5 adultos emergidos/gaiola (RS = 0,59 ± 0,08). Para adultos jovens da ultima geração (114 a 132 DDE), retirados após 19 dias da presença de estágios imaturos, obteve-se 22,3 ± 12,6 adultos/gaiola (RS = 0,71 ± 0,08). Nesses adultos, as colorações foram determinadas, indicando predominância e exclusividade de Azul e de Creme Azulado para fêmeas.

Flutuação populacional e coloração de adultos de Diaphorina citri em Citrus limonia em condição controlada de laboratório

DOI: 10.22533/at.ed.39920011011

Palavras chave: praga exótica; defesa fitossanitária; vetor; sanidade vegetal; citros

Keywords: exotic pest; crop protection; vector; plant protection; citrus

Abstract:

Diaphorina citri Kuwayama (Hemiptera: Liviidae) is vector of Huanglongbing (HLB) citrus disease. Biological control strategies have been an option and have demanded availability of immature stages of D. citri to maintain their laboratorial rearing. Murraya paniculata has been used as host-plant in laboratorial rearing.  Technical literature indicated Citrus limonia favoring more initial quantities of egg laying, which implies more insect availability. The objective of the present work was to evaluate the populational fluctuation of adults of D. citri in Citrus limonia under controlled conditions of laboratorial rearing, beginning from infestations of nymphs collected from M. paniculata rearing and followed by successive generations. Sex separations were performed making sex ratios available in different periods. Abdominal colors of young males and females were determined after successive generations of D. citri in C. limonia. In the period following adults from nymphs from M. paniculata (1 to 22 Days after the beginning of the Experiment, DDE), the following data were observed: nymphal viability of 87.8 ± 11.7 %, maximum emergence on 8.7 ± 4.0 days after nymphal infestation, and sex ratio (RS) of 0.54 ± 0.07. In the period with adults fed only on C. limonia during successive generations (23 to 113 DDE), 118.3 ± 33.5 adults emerged/cage and RS of 0.59 ± 0.08 were observed. Considering young adults from the last generation (114 to 132 DDE), collected after 19 days from the presence of immature stages, 22.3 ± 12.6 adults/cage and RS of 0.71 ± 0.08 were observed. In these adults, the abdominal colors were determined indicating mainly and exclusivity the Blue and the Cream-Blue for females.

Autores

  • Maria Conceição Peres Young Pessoa
  • Jeanne Scardini Marinho-Prado
  • Luiz Alexandre Nogueira de Sá (In Memoriam)
  • Geovanne Amorim Luchini
  • Wanderson Patrício Teixeira