Prevalência de DTM e hábitos parafuncionais em estudantes de uma instituição de ensino superior

A disfunção temporomandibular é considerada como uma desordem, com causas multifatoriais, que afetam a articulação temporomandibular. As principais características são: dor na região temporomandibular e nos músculos mastigatórios; limitações de movimento da mandíbula e ruídos característicos. As alterações temporomandibulares causam transtornos que muitas vezes não são diagnosticadas rapidamente, apenas em casos mais graves. O objetivo do estudo foi identificar a prevalência de DTM em estudantes do primeiro e do último ano de cursos de educação física, enfermagem e fisioterapia do Centro Universitário do Planalto de Araxá - UNIARAXÁ e sua relação entre os hábitos parafuncionais. A coleta foi realizada através da aplicação de um questionário sócio-demográfico adaptado, um questionário sobre os hábitos parafuncionais e o questionário de Fonseca et. al (1991), em 114 estudantes. Identificamos a maior participação de estudantes do gênero feminino, solteiros, não tabagistas, não etilistas, com idade média de 23 anos, maior prevalência de DTM leve entre os participantes. Os hábitos parafuncionais são significantes no desenvolvimento e na progressão de DTM’s. Este estudo demonstrou essa significância pois todos os participantes relataram possuir algum hábito e a prevalência de 78% de algum nível de DTM.

Prevalência de DTM e hábitos parafuncionais em estudantes de uma instituição de ensino superior

DOI: 10.22533/at.ed.92518021233

Palavras chave: Articulação temporomandibular; Disfunção; Hábitos parafuncionais.

Keywords: Temporomandibular joint; Dysfunction; Parafunctional habits.

Abstract:

Temporomandibular dysfunction is considered as a disorder, with multifactorial causes, affecting the temporomandibular joint. The main characteristics are: pain in the temporomandibular region and in the masticatory muscles; limitations of jaw movement and characteristic noises. Temporomandibular disorders cause disorders that are often not diagnosed rapidly, only in more severe cases. The objective of the study was to identify the prevalence of TMD in first and last year students of physical education, nursing and physiotherapy courses at the Centro Universitário do Planalto de Araxá - UNIARAXÁ and its relationship between parafunctional habits. The collection was performed through the application of an adapted socio-demographic questionnaire, a questionnaire on the parafunctional habits and the questionnaire of Fonseca et. al (1991), in 114 students. We identified the highest participation of female students, single, non-smokers, nonalcoholic, with a mean age of 23 years, a higher prevalence of mild TMD among the participants. Parafunctional habits are significant in the development and progression of TMDs. This study demonstrated this significance because all the participants reported having some habit and the prevalence of 78% of some level of TMD.

Autores

  • ANA PAULA NASSIF TONDATO DA TRINDADE