DOM JOSÉ RODRIGUES: SEU PAPEL POLÍTICO E EDUCATIVO JUNTO ÀS CAMADAS POPULARES NO BOLETIM "CAMINHAR JUNTOS"

O presente artigo apresenta resultados de uma pesquisa documental, realizada no informativo “Caminhar Juntos”, da Diocese de Juazeiro-BA, idealizado pelo bispo Dom José Rodrigues, na década de 1970, em meio a um contexto marcado por lutas sociais, com o deslocamento das famílias que viviam às margens do rio São Francisco, na época da construção da barragem de Sobradinho. Propõe uma análise histórica para compreender o papel do bispo Dom José Rodrigues como mediador comunicativo que, ao idealizar um jornal religioso e popular, fomentou um discurso político e educativo que tinha como princípio denunciar injustiças sociais e difundir a solidariedade. Observamos que, a partir da publicação do periódico, o bispo se firma como uma liderança religiosa e comunicador, exercitando o diálogo com as comunidades ribeirinhas e dando visibilidade às experiências populares a partir das narrativas publicadas no jornal, como as cartas de moradores das cidades que ficaram submersas pelas águas do lago de Sobradinho.

DOM JOSÉ RODRIGUES: SEU PAPEL POLÍTICO E EDUCATIVO JUNTO ÀS CAMADAS POPULARES NO BOLETIM "CAMINHAR JUNTOS"

DOI: 10.22533/at.ed.74020161010

Palavras chave: Caminhar Juntos. Líder religioso. Mediador comunicativo. Educação popular.

Keywords: Walking Together. Religious leader. Communicative mediator. Popular education.

Abstract:

This article describes the results of a documentary research, carried out in the informative journal "Walking Together", of the Diocese of Juazeiro-BA, conceived by Bishop José Rodrigues, in the 1970s, in a context marked by social struggles, with the displacement of families living on the banks of the São Francisco River, at the time of the construction of the Sobradinho dam. It proposes a historical analysis to understand the role of Bishop José Rodrigues as a communicative mediator who, by idealizing a religious and popular newspaper, fostered a political and educational discourse that was based on denouncing social injustices and spreading solidarity. We note that, since the publication of the journal, the bishop has established himself as a religious leader and communicator, exercising dialogue with riverside communities and giving visibility to popular experiences from the narratives published in the newspaper, like the letters of the inhabitants of the cities that were submerged by the waters of the lake of Sobradinho.

Autores

  • Jônatas Pereira do Nascimento Rosa
  • Edonilce da Rocha Barros
  • Andréa Cristiana Santos