CRESCIMENTO ECONÔMICO, UBERIZAÇÃO DO TRABALHO E DESENVOLVIMENTO NO BRASIL

O contingente de desempregados no Brasil e no mundo bate recordes e uma agenda para atingir níveis aceitáveis de trabalho decente que possa proporcionar crescimento econômico foi definida em 2015. Desde 1980 o Brasil vive um desmantelamento em termos de regulação do seu mercado de trabalho, a partir de um receituário neoliberal, sendo o avanço da precarização uma realidade que parece ser incontrolável. Buscou-se, dessa forma, enquanto objetivo principal desse estudo, analisar a atual problemática do trabalho considerando o fenômeno da uberização da força de trabalho no Brasil e seus impactos no crescimento e desenvolvimento nacional a partir de pesquisas em livros, artigos, relatórios institucionais, pesquisas técnicas, etc. As baixas taxas de crescimento do PIB brasileiro nos últimos quatro anos combinadas com a disponibilidade de formas flexíveis e aparentemente autogerenciadas de trabalho no mercado, permitem concluir que estas ocupações, metamorfoseadas, são percebidas como oportunidades de sobrevivência, em contraposição ao alto índice de desemprego. Dessa forma, alastram-se no país as ocupações sem carteira assinada e por conta própria, uma expansão sem precedentes do mercado de trabalho informal no Brasil que contribuem para avanços maiores na precarização do trabalhador e não dá indícios de ser apenas uma panaceia. 

CRESCIMENTO ECONÔMICO, UBERIZAÇÃO DO TRABALHO E DESENVOLVIMENTO NO BRASIL

DOI: 10.22533/at.ed.74020161016

Palavras chave: Crescimento.Desenvolvimento.Uberização.Precarização.Trabalho

Keywords: Growth. Development. Uberization. Precarization. Work

Abstract:

The number of unemployed in Brazil and the world is breaking records and an agenda to achieve acceptable levels of decent work that can provide economic growth was set in 2015. Since 1980 Brazil has been experiencing a dismantling in terms of regulating its labor market, based on a neoliberal prescription, with the advance of precariousness a reality that seems uncontrollable. Thus, the main objective of this study was to analyze the current labour problem considering the phenomenon of the uberization of the labour force in Brazil and its impacts on national growth and development from research in books, articles, institutional reports, technical research, etc. The low growth rates of the Brazilian GDP in the last four years combined with the availability of flexible and apparently self-managed forms of work in the market, allow us to conclude that these occupations, metamorphosed, are perceived as opportunities for survival, in contrast to the high rate of unemployment. Thus, occupations without a signed and self-employment card, an unprecedented expansion of the informal labour market in Brazil, are spreading in the country.

Autores

  • RAILSON MARQUES GARCEZ