Visualizações

10

COMPOSTAGEM E HORTA ORGÂNICA: UMA FORMA DE SUSTENTABILIDADE NA FACULDADE CIÊNCIAS DA VIDA

A Faculdade Ciências da Vida, localizada em Sete Lagoas, Minas Gerais, mantém um programa de compostagem cujo objetivo é produzir composto orgânico a partir dos restos de alimentos das aulas práticas e da cantina, bem como folhas e restos da poda do jardim do Campus. Todo o composto produzido é utilizado na horta orgânica da instituição, destinada ao cultivo de plantas medicinais, aromáticas e hortaliças em geral, que são utilizadas em atividades de ensino, pesquisa e extensão para os cursos de Biotecnologia, Farmácia, Nutrição e Enfermagem. Para maior enriquecimento do solo da horta foi realizado o processo de adubação verde com o plantio de diferentes leguminosas: feijão fava (Phaseolus lunatus), soja (Glycine max), ervilha (Pisum sativum) e crotalária (Crotalaria juncea). A crotalária e o feijão fava apresentaram os melhores resultados de crescimento vegetativo, despontando como uma alternativa para o enriquecimento do solo com matéria orgânica e nitrogênio. Resultados satisfatórios também foram observados com a utilização de composto orgânico na taxa de germinação de sementes de rúcula (Eruca sativa) e brócolis (Brassica oleracea), enquanto que alface (Lactuca sativa) e tomate (Solanum lycopersicum) demonstraram melhor crescimento em substrato comercial para mudas. Experimentos com hortaliças apontaram melhor crescimento de beterraba (Beta vulgaris), cenoura (Daucus carota) e rabanete (Raphanus sativus) em substratos enriquecidos com NPK, em comparação com terra vegetal comercial, adubo verde e composto orgânico. Também foi realizado o levantamento entomológico que permitiu a identificação de insetos pragas e insetos benéficos às culturas. Dessa forma, a integração entre a compostagem e a horta da instituição tem permitido a conscientização da comunidade acadêmica sobre a importância da reciclagem do lixo orgânico, os benefícios da produção do composto orgânico, as vantagens da produção de vegetais orgânicos, além da criação de um laboratório vivo para o desenvolvimento das práticas científicas.

COMPOSTAGEM E HORTA ORGÂNICA: UMA FORMA DE SUSTENTABILIDADE NA FACULDADE CIÊNCIAS DA VIDA

DOI: 10.22533/at.ed.7332013103

Palavras chave: Compostagem. Horta orgânica. Sustentabilidade.

Keywords: Composting. Organic vegetable garden. Sustainability.

Abstract:

The Faculdade Ciências da Vida, located at Sete Lagoas, Minas Gerais, maintains a green compost program where the objective is to produce compost from food leftovers from practical classes and the canteen, as well as leaves and gardening waste from the Campus. All produced compost is used at the organic garden of the same institution, destined to cultivating medicinal, aromatic plants and vegetables in general, for the purpose of educational activities, research and extension for the Biotechnology, Pharmacy, Nutrition and Nursing courses. To increase soil nutrition, fertilizing with different leguminous plants was necessary: broad bean (Phaseolus lunatus), soybean (Glycine max), peas (Pisum sativum) and crotalaria (Crotalaria jucea). Crotalaria and broad bean present best results of vegetative growth, emerging as an alternative to soil enrichment of organic matter and nitrogen. Satisfactory results also were observed in the utilization of organic compost in the seed germination of arugula (Eruca sativa) and broccoli (Brassica oleracea), whereas lettuce (Lactuca sativa) and tomato (Solanum lycopersicum) demonstrated better growth in commercial substrate for seedlings. Experiments with vegetables indicated better growth of beet (Beta vulgaris), carrot (Daucus carota) and radish (Raphanus sativus) on NPK enriched substrates in comparison to commercial green soil, green fertilizer and organic compost. Also, an entomological survey was conducted where it was possible to identify pest and beneficial insects to the crops. In this manner, the integration between the compost and vegetable garden allows the academic community to become more conscience surrounding the importance of organic waste recycling, the benefits of organic compost production, the advantages of producing organic vegetables and the creation of a live laboratory to develop practical science.

Autores

  • Fernanda Pereira Guimaraes
  • Flávia Ferreira Mendes Guimarães
  • Iara Campolina Dias Duarte
  • Bruna Graziele Antunes Medeiros
  • Caio Luís Ramos Mendes
  • Camila Lopes de Castro Alves
  • Débora Lopes Alves Pereira
  • Fernando de Jesus Silva Maciel
  • Samuel Jesus Amancio Bernardo
  • Sérgia Mara dos Santos
  • Alessandra Duarte Rocha
  • Ana Paula Guimarães de Souza