LEVANTAMENTO SOBRE A COBERTURA VACINAL ANTIRRÁBICA DE CÃES E GATOS NO PERÍODO DE 2012 A 2014 E SUA ASSOCIAÇÃO COM OS CASOS DE AGRESSÕES A HUMANOS, NO ESTADO DO PIAUÍ

A raiva é uma antropozoonose de importância na saúde pública. No Brasil, os principais transmissores da raiva ao humano são os animais de companhia, sobretudo, o cão. Dessa forma, esse estudo investigou a situação vacinal antirrábica de cães e gatos, no período de 2012 a 2014, no Estado do Piauí, e avaliou a ocorrência de agressões aos humanos. A coleta de dados referente ao quantitativo populacional canino e felino, e a cobertura vacinal foi realizada pela base de dados do SISRAIVA do estado do Piauí. Os dados sobre espécies agressoras foram obtidos por meio do Sistema de Informação de Agravos de Notificação – SINAN. A cobertura vacinal canina foi de 85%, 89% e 92%, e felina de 66%, 68% e 70%, em 2012, 2013 e 2014, respectivamente. A margem de melhoria no desempenho vacinal correspondeu a 5% para ambas as espécies. Caninos e felinos foram responsáveis por cerca de 95% dos casos de agressão em humanos, mas sem notificação de transmissão do vírus rábico para os humanos. No período estudado, os casos de raiva humana aconteceram devido a agressões apenas por primatas da espécie Callithrix jachus. Concluiuse que a situação vacinal de caninos e felinos no estado do Piauí apresentou uma evolução no triênio estudado superior à meta nacional. Apesar das espécies caninas e felinas serem responsáveis pela maioria das agressões aos humanos, não houve associação com os casos de raiva humana notificados no referido período.

LEVANTAMENTO SOBRE A COBERTURA VACINAL ANTIRRÁBICA DE CÃES E GATOS NO PERÍODO DE 2012 A 2014 E SUA ASSOCIAÇÃO COM OS CASOS DE AGRESSÕES A HUMANOS, NO ESTADO DO PIAUÍ

DOI: Atena

Palavras chave: Lyssavirus, cão, gato, profilaxia.

Keywords: Lyssavirus, dog, cat, prophilaxis.

Abstract:

Rabies is an anthropozoonosis of public health importance. In Brazil, the main transmitters of rabies to humans are companion animals, especially the dog. Thus, this study investigated the anti-rabies vaccination situation of dogs and cats, from 2012 to 2014, in the State of Piauí, and evaluated the occurrence of aggressions in humans. Data collection for the canine and feline population, and vaccination coverage was performed by the SISRAIVA database of the state of Piauí. Data on aggressor species were obtained through the SINAN Reporting System. The canine vaccination coverage was 85%, 89% and 92%, and feline from 66%, 68% and 70%, in 2012, 2013 and 2014, respectively. The margin of improvement in vaccine performance corresponded to 5% for both species. Canines and felines were responsible for about 95% of cases of human aggression, but no reports of rabies virus transmission to humans. In the period studied, cases of human rabies occurred due to attacks only by primates of the Callithrix jachus species. It was concluded that the canine and feline vaccination situation in the state of Piauí presented an evolution in the studied triennium higher than the national target. Although canine and feline species were responsible for most of the human aggression, there was no association with human rabies cases reported in that period.

Autores

  • RAISSA PAULA ARAÚJO ALVES