ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS E EPIDEMIOLÓGICOS DA LEISHMANIOSE VISCERAL NO ESTADO DO MATO GROSSO – 2012 A 2016

No Brasil, a preocupação com leishmaniose visceral encontra-se não somente na sua alta incidência e ampla distribuição, mas também na possibilidade da doença assumir formas graves e letais quando associada ao quadro de má nutrição e infecções concomitantes. No Mato Grosso, divergindo das expectativas, visto que o estado possui muitas matas, rápido crescimento urbano e clima apropriado a indecência entra-se a cada ano menor. Esse fato pode estar relacionado com a subnotificação e com os vastos sinais e sintomas da doença, o que faz com que o diagnóstico seja difícil. Ademais, devido a crescente urbanização da doença ocorrida nos últimos 20 anos coloca em pauta a discussão das estratégias de controle empregadas. Neste artigo foram analisados os principais aspectos biológicos, ambientais e sociais que influenciaram no processo de expansão e urbanização dos focos da doença e os fatos que os correlacionam.

ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS E EPIDEMIOLÓGICOS DA LEISHMANIOSE VISCERAL NO ESTADO DO MATO GROSSO – 2012 A 2016

DOI: Atena

Palavras chave: Leishmaniose Visceral, Mato Grosso, Aspectos sociais, Aspectos epidemiológicos, Subnotificação.

Keywords: Visceral Leishmaniasis, Mato Grosso, Social Aspects, Epidemiological aspects, Underreporting.

Abstract:

In Brazil, the concern with visceral leishmaniasis is found not only in its high incidence and wide distribution, but also in the possibility of the disease assuming severe and lethal forms when associated with malnutrition and concomitant infections. In Mato Grosso, diverging from expectations, since the state has many forests, rapid urban growth and appropriate climate, indecency enters each year less. This may be related to underreporting and the widespread signs and symptoms of the disease, making the diagnosis difficult. In addition, due to the increasing urbanization of the disease that occurred in the last 20 years, the discussion of the control strategies employed is on the agenda. In this article we analyzed the main biological, environmental and social aspects that influenced the process of expansion and urbanization of the foci of the disease and the facts that correlate them.

Autores

  • Rafaela Freitas