Visualizações

21

COLEÇÕES BOTÂNICAS E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA O ENSINO DE SISTEMÁTICA E MORFOLOGIA VEGETAL NO ENSINO MÉDIO

Tradicionalmente, o estudo da botânica não costuma atrair apreciadores. Assim, faz-se necessária a elaboração de estratégias pedagógicas visando a aproximação dos estudantes com esta área da Biologia. A construção de coleções botânicas, aliada às aulas teóricas pode contribuir consideravelmente para o ensino da botânica. Esta pesquisa objetivou avaliar as contribuições do uso de coleções botânicas para o ensino de sistemática e morfologia vegetal no ensino médio. A mesma foi executada em duas turmas da 2ª série (grupo experimental) e outras duas da 3ª série (grupo controle) de uma escola da rede estadual de ensino do Maranhão, compostas por 76 e 82 estudantes, respectivamente. Inicialmente, foi aplicado um instrumental com 20 questões objetivas com grupo controle, que avaliou os conhecimentos básicos em botânica e a metodologia de ensino utilizada. Na etapa seguinte, o grupo experimental foi submetido às aulas expositivas alternadas com atividades práticas, incluindo coletas, herborização e descrição de material botânico. Nessas práticas, os estudantes foram organizados em quatro grupos por turma e receberam previamente orientações técnicas para a montagem da coleção botânica, que foi organizada em duas categorias: diversidade dos grupos de plantas e morfologia das plantas angiospermas. Ao final da etapa experimental, os estudantes foram avaliados por meio do mesmo instrumental utilizado com o grupo controle. Concluiu-se que a associação de aulas teóricas com atividades práticas por meio da construção e uso de coleções botânicas, revelou resultados quantitativos significantes, verificados através do teste z que apontou um P-valor <0,0001, evidenciando extrema significância. Além disso, a aceitação e o entusiasmo dos estudantes, constatados empiricamente e através do instrumental, mostrou resultados qualitativos relevantes para essa estratégia de ensino. O trabalho resultou ainda, em produtos que permitirão a continuidade desse tipo de intervenção para estratégias pedagógicas futuras.

COLEÇÕES BOTÂNICAS E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA O ENSINO DE SISTEMÁTICA E MORFOLOGIA VEGETAL NO ENSINO MÉDIO

DOI: 10.22533/at.ed.02320220911

Palavras chave: Aulas práticas; herbário escolar; ensino de botânica

Keywords: Practical classes; school herbarium; botany teaching

Abstract:

Traditionally, the study of botany does not usually attract many people. Therefore, it is necessary to develop pedagogical strategies aimed to bring students closer to this field of ​​Biology. The combination of theory classes and practical classes of building up botanical collections, can contribute considerably to the teaching of botany. This research aimed to evaluate the contributions of the use of botanical collections to the teaching of plant systematics and morphology in high school. It was carried out in two classes of the 2nd year (experimental group) and two others of the 3rd year (control group) in a public school in the state of Maranhão, consisting of 76 and 82 students, respectively. Initially, a questionnaire with 20 objective questions was applied in a control group, which assessed basic knowledge in botany and the teaching methodology used. In the next stage, the experimental group was submitted to theory classes alternated with practical activities, including collections, herborization and description of botanical material. In these practices, students were organized into four groups per class and previously received technical guidance for assembling the botanical collection, which was organized into two categories: diversity of plant groups and morphology of angiosperm plants. At the end of the experimental stage, students were assessed using the same questionnaire used with the control group. It was concluded that the association of theory classes with practical activities through the construction and use of botanical collections, revealed significant quantitative results, verified through the z test that showed a P-value <0.0001, showing extreme significance. Moreover, the acceptance and enthusiasm of the students, verified empirically and through the questionnaire, showed qualitative results relevant to this teaching strategy. The study also resulted in products that will allow the continuation of this type of intervention for future pedagogical strategies.

Autores

  • FRANCISCO ALBERTO BATISTA RODRIGUES
  • FRANCISCO SOARES SANTOS FILHO