Visualizações

20

A LEITURA DE ARTIGOS CIENTÍFICOS COMO PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O ENSINO DE QUÍMICA

A Leitura de artigos científicos é uma proposta metodológica para ser desenvolvida no Ensino Médio, apresentando apontamentos significativos referentes as orientações contidas na BNCC para o desenvolvimento das competências que exercite a curiosidade intelectual, a argumentação, o autoconhecimento e a ação autônoma. Este trabalho apresenta um recorte da metodologia desenvolvida e que culminou em uma dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ensino na Educação Básica (PPGEEB/UFES). Os resultados apresentados são da pesquisa desenvolvida com 55 alunos das terceiras séries de uma escola pública na cidade de São Mateus-ES, na qual contemplou-se uma diversidade de atividades e estratégias, incluindo a leitura de artigos científicos e livros, a escrita, o trabalho de pesquisa, os debates orais, a experimentação e as impressões dos alunos. Percebeu-se como estas estratégias são eficientes para o aprendizado dos alunos da ciência Química, o que favorece a interlocução da linguagem social e científica necessária na contemporaneidade.

A LEITURA DE ARTIGOS CIENTÍFICOS COMO PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O ENSINO DE QUÍMICA

DOI: 10.22533/at.ed.8662019061

Palavras chave: Metodologias alternativas, BNCC, Ensino médio

Keywords: Alternative methodologies, BNCC, High School

Abstract:

The Reading of scientific articles is a methodological proposal to be developed in High School, presenting significant notes regarding the guidelines contained in the BNCC for the development of skills that exercise intellectual curiosity, argumentation, self-knowledge and autonomous action. This work presents a cut of the methodology developed and that culminated in a master's thesis presented to the Postgraduate Program in Basic Education (PPGEEB/UFES). The results presented are from research developed with 55 students from the third grades of a public school in the city of São Mateus-ES, in which a diversity of activities and strategies were contemplated, including the reading of scientific articles and books, writing, research work, oral debates, experimentation and impressions of students. It was realized how efficient these strategies are for the learning of chemical science students, which favors the interlocution of the social and scientific language necessary in contemporaneity.

Autores

  • ANA NERY FURLAN MENDES
  • Silvia Pelição Batista