Visualizações

142

ANÁLISE DA ABORDAGEM DE LESÕES POR MORDEDURAS DE CÃO: REVISÃO DE LITERATURA E APRESENTAÇÃO DE CASO CLÍNICO CIRÚRGICO

Objetivo: Através de uma revisão da literatura, e apresentando um relato de caso clínico cirúrgico, buscou-se discutir a abordagem mais adequada no manejo inicial dos ferimentos por mordeduras de cão na região de cabeça e pescoço. Descrição do caso e métodos: Paciente E.P.S., gênero masculino, três anos de idade, vítima de agressão física por mordedura de cão pertencente à própria família, atendido em serviço de referência de urgência e emergência em Recife-PE, o qual clinicamente verificou-se extenso ferimento corto-contuso em couro cabeludo e pavilhão auricular direito. Após tricotomia do couro cabeludo, exaustiva limpeza dos ferimentos e remoção de corpos estranhos, preconizou-se o fechamento primário das lesões através de sutura. Completados sete dias, sem complicações, foi removida a sutura e observou-se bom resultado estético. Conclusão: O manejo de ferimentos faciais por mordedura de cão deve seguir protocolos estabelecidos pela equipe que visem devolver função e estética ao paciente, bem como devem ser instituídas medidas profiláticas quanto à raiva, tétano e bacteremias.

ANÁLISE DA ABORDAGEM DE LESÕES POR MORDEDURAS DE CÃO: REVISÃO DE LITERATURA E APRESENTAÇÃO DE CASO CLÍNICO CIRÚRGICO

DOI: 10.22533/at.ed.0192022084

Palavras chave: Cabeça; Ferimentos e Lesões; Cães.

Keywords: Head; Wounds and Injuries; Dogs.

Abstract:

Objective: Through the literature review, and presenting a clinical surgical case report, we sought to discuss the most appropriate approach in the initial management of injuries from dog bites in the head and neck region. Case description and methods: Patient E.P.S., male gender, three years old, victim of physical aggression by biting a dog belonging to his own family, attended in an emergency referral service in Recife-PE, which clinically verified extensive blunt injury to the scalp and right auricular pavilion. After scalp trichotomy, thorough cleaning of wounds and removal of foreign bodies, primary closure of lesions with tissue reconstruction was called. Completed seven days, without complications, the suture was removed and good aesthetic results were observed. Conclusion: The management of facial injuries by dog bite should follow protocols established by the team aimed at returning function and aesthetics to the patient, prophylactic measures should be instituted for rabies, tetanus and bacteremias.

Autores

  • Ricardo Eugenio Varela Ayres de Melo
  • Camilla Siqueira de Aguiar
  • Rodrigo Henrique Mello Varela Ayres de Melo
  • Deise Louise Bohn Rhoden
  • Milena Mello Varela Ayres de Melo Pinheiro
  • Jussara Diana Varela Ayres de Melo
  • Nely Dulce Varela de Melo Costa Freitas
  • Jorge Pontual Waked
  • Victor Leonardo Mello Varela Ayres de Melo
  • Frederico Marcio Varela Ayres de Melo Junior
  • Bruna Heloísa Costa Varela Ayres de Melo
  • Lohana Maylane Aquino Correia de Lima