Visualizações

5

AMBIENTE EXTERNO E INTERNO DE ESTABELECIMENTOS AGROPECUÁRIOS NA PERSPECTIVA DE AGRICULTORES FAMILIARES DO RIO GRANDE DO SUL

Os agricultores buscam construir o seu futuro a partir da prática de gestão e de suas decisões. O objetivo deste artigo é apresentar e discutir a percepção de agricultores familiares sobre um conjunto de variáveis do ambiente externo e interno de estabelecimentos agropecuários do Rio Grande do Sul. Fez-se a opção pela abordagem de pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva, com amostra selecionada intencionalmente. Os dados foram obtidos da aplicação de questionário, concebido para obter a avaliação dos agricultores sobre as variáveis do ambiente, previamente definidas. Os resultados demonstraram o predomínio da percepção de ameaças, em relação às variáveis associadas ao ambiente externo. Entre as variáveis percebidas como maior ameaça estão os preços dos insumos, as alterações na legislação tributária, a entrada de novas unidades de produção e as alterações na legislação trabalhista. Por outro lado, em relação as variáveis do ambiente interno prevaleceram a percepção de fortaleza, e entre as mais intensamente percebidas como fraqueza estão a participação em atividades de educação ambiental, as condições climáticas na propriedade, o uso do computador para a gestão, o uso da internet para a gestão e a situação das vias de acesso. Presumese que as ameaças e fraquezas associadas as fortalezas e oportunidades, influenciam a criação de estratégias e as práticas de gestão. Entende-se que a abordagem da Visão Baseada em Recursos (VBR) e do viés cognitivo na tomada de decisão, representam possibilidades de aprofundamento de estudos a partir da percepção dos agricultores. De forma mais abrangente, deduz-se que pensar novas estratégias e produzir inovações, a partir de seus recursos internos e das transformações do ambiente externo em que operam, são desafios dos agricultores na busca pela prosperidade dos estabelecimentos agropecuários.

AMBIENTE EXTERNO E INTERNO DE ESTABELECIMENTOS AGROPECUÁRIOS NA PERSPECTIVA DE AGRICULTORES FAMILIARES DO RIO GRANDE DO SUL

DOI: 10.22533/at.ed.15518201214

Palavras chave: Ambiente externo; Ambiente interno; Agricultura familiar; Percepção.

Keywords: External environment; Internal environment; Family farming; Perception.

Abstract:

Farmers seek to build their future from management practice and their decisions. The objective of this article is to present and discuss the perception of family farmers about a set of variables of the external and internal environment of agricultural establishments of Rio Grande do Sul. The option was chosen for the qualitative, exploratory and descriptive research approach, with selected sample intentionally. The data were obtained from the application of a questionnaire, designed to obtain the farmers’ evaluation of previously defined environmental variables. The results demonstrated the prevalence of perceived threats, in relation to the variables associated with the external environment. Among the variables perceived as the greatest threat are input prices, changes in tax legislation, entry of new production units and changes in labor legislation. On the other hand, in relation to the variables of the internal environment the perception of strength prevailed, and among the most intensely perceived weaknesses are participation in environmental education activities, climatic conditions on property, computer use for management, use the internet for the management and the situation of access routes. The threats and weaknesses associated with strengths and opportunities are preumed to influence the creation of management strategies and practices. It is understood that the Resource Based View (VBR) approach and the cognitive bias in decision making represent possibilities for deepening studies based on farmers’ perceptions. More broadly, one can deduce that thinking about new strategies and producing innovations, based on their internal resources and the transformations of the external environment in which they operate, are challenges for farmers in the quest for the prosperity of agricultural establishments.

Autores

  • Claudimir Rodrigues
  • Elizabete Catapan
  • Giovanna
  • Luis Augusto Araújo
  • Reney Dorow