Visualizações

54

Análise da Adequação de rótulos de alimentos infantis frente a rotulagem geral e nutricional

Rotulagem é toda inscrição, legenda, imagem ou toda matéria descritiva ou gráfica, escrita, impressa, estampada, gravada, gravada em relevo, litografada ou colada sobre a embalagem do alimento. Rótulos atuam como canais de comunicação, assegurando o direito ao acesso a toda informação sobre um produto alimentício. Quando bem compreendidos, permitem que as escolhas alimentares sejam feitas de forma mais sensata, com segurança, de acordo com a necessidade do consumidor. Para que a rotulagem exerça o seu papel, as informações disponibilizadas devem ser legíveis, verdadeiras e de fácil acesso a todos as classes, sendo asseguradas pelas legislações, que dispõe sobre os principais itens que deve conter no rótulo do alimento. Neste sentido, o presente estudo teve o intuito de avaliar rótulos de diferentes produtos alimentícios infantis, confrontando-os com as legislações referente a Rotulagem Geral (RDC n.º259/02) e Rotulagem Nutricional de Alimentos Embalados (RDC n.º 360/203), através de um checklist elaborado com base nas RDC’s. Foram avaliados 102 rótulos de 15 categorias diferentes. Observou-se a presença de inadequações que podem induzir o consumidor ao uso incorreto dos produtos, portanto, o estudo revela a necessidade de adequação da indústria alimentícia às legislações vigentes, fazendo com que as informações sejam claras e precisas para melhor entendimento do consumidor.

Análise da Adequação de rótulos de alimentos infantis frente a rotulagem geral e nutricional

DOI: Atena

Palavras chave: Rotulagem de alimentos. Legislação. Avaliação de rótulo. Consumidor. Produto infantil.

Keywords: Food labeling. Legislation. Evaluation of labels. Children’s product.

Abstract:

Labeling includes any inscription, caption or image, or any description or graphic, that is written, printed, stamped, engraved, embossed, lithographed, or glued onto food packaging. Labels act as a means of communication, ensuring the right to access all information about a food product. When well understood, they allow food choices to be more sensible, safe, and suitable to the needs of the consumer. In order for labeling to function, the information provided must be legible, factual, and universally accessible, and safeguarded through legislation, which provides information on the main ingredients to be included on the food label. In this regard, the present study aims to evaluate labels for different children’s food products, comparing them to standards held by the General Labeling Legislation (RDC no. 259/02) and Nutritional Labeling of Packaged Foods (RDC 360/203) using a thorough checklist based on the RDC’s. 102 labels were evaluated in 15 different categories. Inconsistencies were observed that could lead consumers toward the incorrect use of products, therefore, the study reveals a necesity to change current food industry legislation, making information clearer and more precise for better consumer understanding.

Autores

  • Bárbara Melo santos do Nascimento