MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA: INSTRUMENTO DE CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO

A pesquisa descrita abaixo tem como finalidade principal analisar a importância do processo de mediação na alfabetização e letramento dentro do Projeto Interventivo - Aprimorando Saberes – desenvolvido entre UNIPLAN e uma escola pública do DF. O desempenho educacional de alguns alunos que apresentam defasagem na leitura e escrita representa o foco dos trabalhos a nível pedagógico. De natureza qualitativa e baseado em observação participativa, o estudo está embasado em uma pesquisa desenvolvida no ano letivo de 2018, realizada em uma escola pública do Distrito Federal. As ações implementadas resultaram no interesse dos alunos pelas aulas, onde foi possível verificar um desenvolvimento participativo e avanços relevantes de aprendizagem. O levantamento bibliográfico que fundamenta esse estudo enfatiza sobre o entendimento da mediação no processo de alfabetização e letramento, um embasamento sobre a ideia de como surgiu o projeto interventivo, quais foram as medidas necessárias para que sua efetivação pudesse ocorrer com excelência e quais ações foram mediatizadas e inseridas no projeto. Na fase de elaboração do referencial teórico foi utilizado como acervo principal as obras de Araujo (2010), Haidt (2002), Moran; Masetto; Behrens (2000), Matui (1995), Oliveira (1996) dentre outros. O teste da psicogênese foi a principal ferramenta utilizada no projeto, assim foi possível concluir que a mediação na prática pedagógica dentro do projeto interventivo contribui de forma significativa para o aprendizado dos alunos que possuem déficit na aprendizagem, em especial com alunos do 3ª ano do ensino fundamental.

MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA: INSTRUMENTO DE CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO

DOI: 10.22533/at.ed.1532012023

Palavras chave: Alfabetização. Letramento. Aprendizagem. Mediação. Ensino.

Keywords: Literacy. Literacy Learning. Mediation. Teaching

Abstract:

The research described below has as its main purpose to analyze the importance of the mediation process in literacy and literacy  within the Interventive Project - Enhancing Knowledge - developed between UNIPLAN and a public school in DF. The educational performance of some students with reading and writing delays represents the focus of the work at the pedagogical level. Qualitative in nature and based on participatory observation, the study is based on research conducted in the 2018 school year, conducted in a public school in the Federal District. The implemented actions resulted in the students’ interest in the classes, where it was possible to verify participatory development and relevant learning advances. The bibliographic survey that underlies this study emphasizes on the understanding of mediation in the process of literacy and literacy, a foundation on the idea of how the interventional project came about, what were the necessary measures so that its implementation could occur with excellence and which actions were mediated. and inserted into the project. In the elaboration phase of the theoretical framework, the works of Araujo (2010), Haidt (2002), Moran; Masetto; Behrens (2000), Matui (1995), Oliveira (1996) among others. The psychogenesis test was the main tool used in the project, so it was possible to conclude that the mediation in the pedagogical practice within the intervention project contributes significantly to the learning of students with learning disabilities, especially with students in the 3rd year of education. fundamental.  

Autores

  • Cristina Celia Rocha de Macedo
  • Cristina Célia Rocha de Macêdo
  • Elida Sabrina de Sousa Frutuoso
  • Rosalina Rodrigues de Oliveira
  • Roseli de Melo Sousa e Silva