A ESCOLA MUNICIPAL BARRO BRANCO: UMA REFLEXÃO SOBRE POLÍTICAS PÚBLICAS DE AVALIAÇÕES EXTERNAS E O COTIDIANO ESCOLAR

Este estudo traz como objeto de pesquisa uma escola localizada em Imbariê, terceiro distrito do município de Duque de Caxias: a Escola Municipal Barro Branco. Ela foi fundada a partir da mobilização da comunidade, e, desde então é proposto por toda a equipe diretiva e docente construir o trabalho escolar a partir da compreensão das diferenças entre as culturas das famílias e da escola, valorizando os percursos individuais dos alunos em um estabelecimento de ensino de periferia e difícil acesso do município. Ressaltemos que professores dessa unidade escolar são atuantes em militâncias sindicais, exercem a gestão democrática através de eleições mesmo antes dessa conquista ser contemplada pelas escolas de Duque de Caxias/RJ, também pela escola não realizar avaliações externas, por mais que o uso das avaliações externas é reconhecido como um dos principais instrumentos de elaboração de políticas públicas dos sistemas de ensino e como monitoramento da sociedade sobre a educação no Brasil. Nesse sentido, este trabalho pretende, como objetivo geral, apresentar, de forma sucinta, o histórico, o desenvolvimento da gestão administrativa e pedagógica e a avaliação do desempenho escolar da Escola Municipal Barro Branco e por objetivos específicos: (1) conhecer o funcionamento da escola e os documentos que norteiam a organização curricular e o plano pedagógico da unidade; (2) refletir sobre as relações sociais e práticas pedagógicas desenvolvidas na escola; (3) analisar o metódo de avaliação adotado pelos professores da E.M. Barro Branco. Para fundamentar a análise dos dados, serão utilizados os trabalhos acadêmicos do campo de estudos sobre avaliação educacional, destacaremos aqui os autores que contribuirão para este trabalho: Rausch e Schlindwein,Libâneo, Hoffmann, Paro, Feire e Lück. A metodologia que será adotada nesteartigo será de abordagem qualitativa de caráter exploratório, para a qual se fará uso da pesquisa documental, de observação participante.

A ESCOLA MUNICIPAL BARRO BRANCO: UMA REFLEXÃO SOBRE POLÍTICAS PÚBLICAS DE AVALIAÇÕES EXTERNAS E O COTIDIANO ESCOLAR

DOI: 10.22533/at.ed.2762013028

Palavras chave: 1. Educação e Estado – Brasil. 2. Educação – Aspectos sociais. 3. Educação – Inclusão social. I. Monteiro, Solange Aparecida de Souza.

Keywords: External Evaluations; School organization; School Identity.

Abstract:

This study has as object of research a school located in Imbariê, third district of the municipality of Duque de Caxias: the BarroBranco Municipal School. It was founded from the mobilization of the community, and since then it has been proposed by all the management and teaching staff to build school work from the understanding of the differences between family and school cultures, valuing the individual pathways of students in a peripheral education establishment and difficult access of the municipality. We emphasize that teachers of this school unit are active in union activism, exercise democratic management through elections even before this achievement is contemplated by schools in Duque de Caxias / RJ, also because the school does not perform external evaluations, even though the use of external evaluations It is recognized as one of the main instruments for the elaboration of public policies of education systems and as a monitoring of society about education in Brazil. In this sense, this paper aims, as a general objective, to present, briefly, the history, the development of administrative and pedagogical management and the evaluation of the school performance of the BarroBranco Municipal School and by specific objectives: (1) to know the functioning of the school and the documents that guide the curricular organization and the pedagogical plan of the unit; (2) reflect on the social relations and pedagogical practices developed at school; (3) to analyze the evaluation method adopted by the teachers of E.M. BarroBranco. To support the data analysis, the academic works of the field of educational evaluation studies will be used. We will highlight here the authors who will contribute to this work: Rausch and Schlindwein, Libiliar, Hoffmann, Paro, Feire and Lück. The methodology that will be adopted in this article will be of qualitative approach of exploratory character, for which will make use of the documentary research, of participant observation.    

Autores

  • Antônio Henrique Nunes Ribeiro
  • Bianca Silva Martins
  • Israel Gonçalves Cardoso
  • Josely Ferreira Ribeiro
  • Juliana Luíza Pinto dos Santos Teixeira
  • Moacir dos Santos da Silva
  • Vanessa Serafim da Silva