DA QUÍMICA À POESIA: ÁGUA COMO TEMÁTICA PARA A APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA DE CONCEITOS

A aprendizagem significativa tem sido objeto de estudo em inúmeras pesquisas nas últimas décadas e, seu objetivo tem desafiado cada vez mais os docentes em busca de práticas pedagógicas que permitam a construção um conhecimento mais sólido, rico em significado, e não apenas “memorizado temporariamente”. No caso da Química, entre outras disciplinas da área, é comum a utilização de técnicas que facilitem a memorização de seus conceitos, dada a dificuldade que lhe é atribuída, justamente pela falta de significado e contextualização em sua abordagem, em geral, mais conteudista. Desta forma, torna-se favorável que os conceitos sejam construídos a partir de conhecimentos prévios, denominados “subsunçores” segundo Ausubel, os quais serão a base para dar significado à aprendizagem. Este trabalho traz um relato de experiência cujo objetivo foi verificar como ocorre a construção de conceitos de química a partir da água como temática, a partir de atividades diferenciadas, que não os tradicionais “cartazes”, solicitadas por ocasião da comemoração do Dia Mundial da Água. As poesias elaboradas permitiram uma abordagem interdisciplinar com Língua Portuguesa a partir deste gênero textual.

DA QUÍMICA À POESIA: ÁGUA COMO TEMÁTICA PARA A APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA DE CONCEITOS

DOI: 10.22533/at.ed.1532012021

Palavras chave: aprendizagem significativa, química, água, interdisciplinaridade, poesia.

Keywords: meaningful learning, chemistry, water, interdisciplinary, poetry.

Abstract:

Meaningful learning has been the subject of numerous researches in recent decades, and its goal has increasingly challenged teachers in search of pedagogical practices capable of building a more solid, meaningful, not just “temporarily memorized” knowledge. In the case of Chemistry, among other disciplines in the area, it is common to use techniques that facilitate the memorization of its concepts, given the difficulty attributed to it, precisely because of the lack of meaning and contextualization in its approach, which is generally more content. For this, it is necessary that the concepts be constructed from previous knowledge, called “subsumers” according to Ausubel, which will be the basis to give meaning to learning. This work presents an experience report whose objective was to verify how the construction of concepts of chemistry from the water as thematic occurs, starting from different activities, other than the traditional “posters”, requested on the occasion of the celebration of the World Water Day. The elaborated poems allowed an interdisciplinary approach with Portuguese Language from this textual genre.

Autores

  • Ana Valéria Santos de Lourenço
  • Valéria Marinho Paes dos Santos
  • Valéria Marinho Paes dos Santos