A PROVA BRASIL: Desafios para a prática pedagógica

A Prova Brasil e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) são avaliações para diagnóstico, em larga escala, desenvolvidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/ MEC). Têm o objetivo de avaliar a qualidade do ensino oferecido pelo sistema educacional brasileiro a partir de testes padronizados e questionários socioeconômicos. O Sistema de Avaliação da Educação Básica – Saeb – é composto atualmente por três avaliações complementares, a ANA (Avaliação Nacional de Alfabetização), a Aneb e a Anresc (Prova Brasil – realizada em nosso país desde 2005). O resultado dessas avaliações é usado para calcular o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), que também é calculado a partir dos dados de aprovação obtidos no Censo Escolar e fornece, portanto, indícios sobre a qualidade de ensino oferecido nas escolas de todo o país. Questiona-se a exigência da Prova Brasil, considerando-a como um complexo e avançado instrumento de avaliação, com um elevado padrão de verificação da aprendizagem, bem distante da realidade local, no que se refere ao domínio das competências e habilidades exigidas na Língua Portuguesa e Matemática. O presente trabalho relata uma vivência pedagógica adotada pela professora do 4º ano do Ensino Fundamental, turno manhã, da Escola Municipal Maria Cândida de Oliveira – Campina Grande-PB, que visa contribuir de forma mais eficaz na preparação das crianças que serão encaminhadas para o 5º ano e irão se deparar com a realização da Prova Brasil. A metodologia de trabalho adotada pela professora está baseada no próprio documento de orientação da Prova Brasil elaborado pelo MEC que apresenta os pressupostos teóricos e as orientações didáticas embasadores dessa avaliação, exigindo do/a profissional uma postura de abertura e disponibilidade para reestruturação e/ou reorganização do seu trabalho pedagógico com base nos descritores de aprendizagem atualmente exigidos em nível nacional.

A PROVA BRASIL: Desafios para a prática pedagógica

DOI: 10.22533/at.ed.27620130216

Palavras chave: 1. Educação e Estado – Brasil. 2. Educação – Aspectos sociais. 3. Educação – Inclusão social. I. Monteiro, Solange Aparecida de Souza.

Keywords: Evaluation, Portuguese Language, Mathematics, Pedagogical intervening.

Abstract:

A Prova Brasil and the Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) are diagnosis evaluations that have  been widely developed by Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educaionais Anísion Teixeira (Inep/MEC), whose primary objective is to estimate the teaching quality provided by the brazilian educational system through standardized tests and socioeconomical questionnaires. Currently the Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) is comprised of three complementary evaluations – ANA (Avaliação Nacional de Alfabetização), Aneb and Anresc (Prova Brasil – which has been conducted in our country since 2005). The result of these evaluations is used to estimate the Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), also estimated through the data of aprovation rate obtained from the education census which provides signs about the teaching quality in schools all over the country. The requirement for Prova Brasil has been questioned since it is considered to be a complex and advanced tool of evaluation with a high standard of learning estimate which has not related to local reality concerning the command of competences and skills required in the study of Portuguese language and Mathematics. The present work points out a pedagogical experience adopted by a teacher in the 4th grade of fundamental school of Escola Municipal Maria Cândida de Oliveira – Campina Grande – PB., whose objective was to have the students effectively prepared for both the 5th grade and the Prova Brasil. The methodology used in her experience is based on the program of Prova Brasil made by MEC with theoretical assumptions and didactic guidelines for this evaluation, requiring that professionals be accessible and available to restructure and reorganize their pedagogical plan based on the learning foundations currently required nationwide.

Autores

  • Eliane Brito de Lima