A Alfabetização de crianças Autistas

Este artigo propõe refletir a inclusão de crianças autistas na alfabetização. Surgem dúvidas de como incluir estas crianças no ambiente escolar e o interesse de saber se há a possibilidade de alfabetizar crianças autistas, assim como os profissionais podem contribuir na fase da alfabetização. O desenvolvimento da aprendizagem do autista geralmente é lento, gradativo, cabe ao professor adequar seu sistema de comunicação. A família precisa envolver-se neste processo. Cada indivíduo é único, e sobre um tempo maior para aprender, entendemos que criança autista aprende, porém exige esforço do educador e seu aprendizado será produtivo quando realizado de maneira direta, professor – aluno, podendo utilizar diferentes recursos. É necessário criar estratégias para facilitar a aprendizagem destes educandos.

A Alfabetização de crianças Autistas

DOI: 10.22533/at.ed.9211903091

Palavras chave: Alfabetização. Autismo. Formação.

Keywords: Literacy. Autism. Training.

Abstract:

 This article proposes to reflect the inclusion of autistic children in literacy. There are questions about how to include these children in the school environment and the interest in knowing if there is a possibility of teaching autistic children, as well as how professionals can contribute to the literacy process. The development of autistic learning is usually slow and gradual. It is up to the teacher to match his or her communication system. The family needs to be involved in that process. Each individual is unique, and about a longer time to learn, we understand that an autistic child learns, but it requires the educator’s effort and his learning will be productive when done in a direct way, teacher - student, being able to use different resources. It is necessary to create strategies to facilitate the learning of those students.

Autores

  • Fabiana Boff Grenzel
  • Fabiana Boff Grenzel