Visualizações

3

INSPEÇÃO E DIAGNÓSTICO DAS MANIFESTAÇÕES PATOLÓGICAS PRESENTES EM UMA PONTE NA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE

Localizada na região metropolitana do Recife/PE, a ponte estudada representa um importante elemento de infraestrutura rodoviária que liga os municípios de Paulista e Olinda. Foi construída em 1974, quando o município de Paulista tinha de uma população de aproximadamente 70 mil habitantes. Hoje, 43 anos após sua construção, a cidade apresenta uma população de mais de 300 mil habitantes com uma demanda de tráfego diário de cerca de 50 mil veículos. Com o passar dos anos, é possível verificar a deficiência na realização de manutenção da ponte, uma vez que apresenta sinais evidentes de deterioração, o que, consequentemente, gera insegurança para os seus usuários. Além da falta de manutenção, a ponte é localizada numa área classificada como de classe de agressividade ambiental muito forte (III), de acordo com a NBR 6118:2014, implicando em elevado risco de deterioração da estrutura. O estudo teve como objetivo identificar as manifestações patológicas presentes na Obra de Arte Especial, determinando os seus prováveis agentes causadores e avaliando o grau de comprometimento dos elementos estruturais a partir de ensaios não-destrutivos. Por meio das análises in loco e estudos, podese concluir que, além das manifestações patológicas visivelmente detectadas, a ponte apresentou, no ensaio de esclerometria, resistência menor do concreto nas vigas, sugerindo uma manutenção, recuperação e reforço em sua estrutura a fim de mitigar as manifestações patológicas encontradas.

INSPEÇÃO E DIAGNÓSTICO DAS MANIFESTAÇÕES PATOLÓGICAS PRESENTES EM UMA PONTE NA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE

DOI: 10.22533/at.ed.4331920088

Palavras chave: Diagnóstico de Manifestações Patológicas. Inspeção de Estruturas. Ponte.

Keywords: Diagnosis of Pathological Manifestations. Inspection of Structures. Bridge.

Abstract:

Located in the metropolitan area of Recife / PE, the sudied bridge is an important road infrastructure element that connects the cities of the Paulista and Olinda. It was built in 1974 when the Paulista municipality had a population of approximately 70 thousand inhabitants. Today, 43 years after its construction, the city has a population of over 300,000 inhabitants, causing a daily traffic demand of about 50,000 vehicles. Over the years, it is possible to verify the lack in maintenance of the bridge leading to noticeable signs of deterioration, which consequently generates uncertainty for users. Besides the lack of maintenance, the bridge is located in an area classified as very strong environmental aggressive class (III), according to NBR 6118: 2014, implying high risk of deterioration of the structure. The study aimed to identify the pathologies present in the Special Work of Art, determining the likely causative agents, assessing the degree of deterioration of the structural elements using non-destructive testing. Through analyzes in situ, it was concluded that besides the visible pathological manifestations detected, the bridge presented in the sclerometry test lower strength of the concrete on the beams, suggesting maintenance, recovery and reinforcement of the bridge structure in order to mitigate the pathological manifestations found.

Autores

  • Bráulio Silva Barros
  • Fernanda Cavalcanti Ferreira
  • Joanna Elzbieta Kulesza
  • Romildo Alves Berenguer
  • Thaís Marques da Silva
  • Yane Coutinho
  • Yane Coutinho Lira