Visualizações

4

ANÁLISE DA ACELERAÇÃO E ROTAÇÃO ANGULAR EM MOVIMENTOS NO CAIAQUE E NO CAVALO

Como complemento ao tratamento convencional de algumas disfunções neuromotoras, pode-se destacar a equoterapia. A proposta desse estudo consiste no uso de caiaques como base geradora dos movimentos, em analogia ao uso do cavalo. Neste trabalho foram analisados, quanto às frequências e amplitudes, as acelerações e as rotações angulares de três movimentos realizados em um caiaque, em duas intensidades, e do movimento da sela de um cavalo durante uma sessão de equoterapia. Os dados de cada execução, em cada situação analisada, foram adquiridos com uma central inercial e tratados com o uso de rotinas de programação criadas no software Scilab 6.0.0. Para as variáveis relacionadas à amplitude dos sinais de aceleração e rotação angular (valor RMS, valor mínimo, valor máximo e a diferença) foram calculadas as medidas descritivas de média, coeficiente de variação (%), mínimo e máximo. Para as variáveis relacionadas à frequência dos sinais (número de frequências, frequência e magnitude), foram apresentados os valores individuais de cada uma das execuções. De acordo com os resultados, os valores maiores, encontrados nos movimentos no caiaque, em relação ao cavalo, podem significar um sinal de alerta quanto às sobrecargas desejadas para cada paciente em tratamento. por outro lado, demonstram o potencial de variação de estímulos e intensidades a ser explorado em relação à atividade terapêutica com o caiaque. Acredita-se que os resultados desta pesquisa serão importantes no entendimento dos movimentos aos quais um paciente é submetido com o uso do caiaque e poderão subsidiar a aplicação deste método como terapia.

ANÁLISE DA ACELERAÇÃO E ROTAÇÃO ANGULAR EM MOVIMENTOS NO CAIAQUE E NO CAVALO

DOI: 10.22533/at.ed.0091913062

Palavras chave: Equoterapia, Biomecânica, Caiaqueterapia, Caiaque.

Keywords: Hippotherapy, Biomechanics, Kayak, Therapy

Abstract:

As a complement to the conventional treatment of some neuromotor dysfunctions. In this research is proposed the use of kayaks, controlled by therapists, and their interaction with the water as the movement cause, in analogy to the horse in hippotherapy. This study was to analyze, regarding the signal frequencies and amplitudes, the accelerations and the angular rotations of three different movements of the kayak, in two intensities, and also of the saddle movement in a horse during hippotherapy session. The data of each try, in each situation, were acquired with an inertial measurement unit and processed with routines designed in Scilab 6.0.0 software. Descriptive statistics including mean, coefficient of variation (%), minimum and maximum were calculated for the variables related to the acceleration and angular rotation amplitude (RMS value, minimum and maximum value and the difference). The individual values of each try were presented for signal frequency related variables (frequency, magnitude and number of frequencies). Higher values were found in Therapist/kayak movements relative to the horse’s movements, this finding may suggest that some attention should be given concerning the specifics loads needed for each type of patient being treated. On the other hand, demonstrate the potential of intensities variations and different stimuli that can be explored with this therapeutic approach. One can say that the results of this research can be important in understanding the movements to which a patient is submitted with the use of a kayak and may help the development of this method as therapy.

Autores

  • ANDREA FREIRE MONTEIRO
  • HELIO ROESLER
  • MARCEL HUBERT
  • MICHELLE JULIETA PEREIRA
  • Suzana Matheus Pereira
  • SUZANA MATHEUS PEREIRA