Google Acadêmico

Todos os livros publicados pela Atena Editora são indexados com perfil Periódico no Google Acadêmico e possuem Índice-H.

Qual a importância do Google Acadêmico?

Até pouco tempo atrás, periódicos que não conseguiam entrar em bases de dados fechadas eram considerados irrelevantes para as medidas de impacto e nem eram capazes de calcular sua própria relevância. O Google Acadêmico pode estar mudando essa história. Por não indexar apenas os artigos que fazem parte dessas bases fechadas, o Google Acadêmico permite que qualquer periódico possa calcular seu próprio impacto, com base em qualquer artigo que tenha sido publicado eletronicamente. Como praticamente todos o são, independentemente de fazerem ou não parte de uma base fechada, as ferramentas de indexação do Google os localizam, identificam as suas listas de referências e indicam quais são os artigos com maior coeficiente de citação. Qualquer periódico pode, então, contar o índice de citação dos artigos que publica. Em alguns casos, periódicos sérios, e que não faziam parte das bases fechadas das editoras científicas mais importantes, podem descobrir que também são relevantes para as suas comunidades e, assim, reivindicar um destaque proporcional à sua importância medida em bases abertas.

Os crescentes questionamentos feitos às editoras científicas sobre a prevalência dos seus interesses comerciais em detrimento dos científicos, aliados à exposição de falhas em seus processos editoriais e também do viés que favorece periódicos nativos de alguns poucos países, parecem ainda não ser suficientes para arranhar o prestígio dos indicadores computados exclusivamente nas bases fechadas de periódicos dessas mesmas editoras. Entretanto, o crescimento do uso do Google Acadêmico e a ascensão da filosofia do acesso aberto podem sinalizar mudanças importantes que estão por vir.

Eduardo Diniz (Editor chefe RAE – Revista de Administração de Empresas)

Fonte: Disponível em http://www.periodicos.ufes.br/ppgadm/announcement/view/41

Acesso em: 28 jul. 2017