Novos Paradigmas de Abordagem na Medicina Atual 2

Novos Paradigmas de Abordagem na Medicina Atual 2

DOI: 10.22533/at.ed.146192006

ISBN: 978-85-7247-414-6

Palavras chave: Medicina; Pesquisa; Pesquisa médica.

Ano: 2019

A obra “Novos Paradigmas de Abordagem na Medicina Atual” é integrada por
uma série de livros de publicação da Atena Editora, em seus 18 capítulos do volume
2, a qual apresenta dados descritivos e epidemiológicos de doenças emergentes e
reemergentes e a atuação dos profissionais da saúde sobre estas.
Nos últimos anos têm sido reconhecidas diversas infecções humanas até então
desconhecidas, bem como a reemergência de outras que, ao longo dos anos, haviam
sido controladas. As doenças emergentes são as que se desenvolvem com impacto
significativo sobre o ser humano, por conta de sua gravidade, da alta probabilidade
em acometer órgãos e sistemas principais e da potencialidade de deixar sequelas
limitadoras e mesmo morte.
Dentre os fatores que contribuem para o reaparecimento de doenças
reemergentes, como a sífilis e a Doença de Chagas, e o desenvolvimento de novas
patologias, como microcefalia e variados tipos de câncer, estão os mecanismos
de mutação e recombinação genéticas, demografia e comportamentos humanos,
mudanças ecológicas, uso inapropriado das tecnologias em saúde e a decadência dos
sistemas de saúde, fruto da elevada demanda e dos custos crescentes da assistência
médica, que vem a absorver grande parte dos recursos, antes destinados às áreas
de prevenção e controle de agravos. Assim, medidas como a potencialização da
comunicação e informação em saúde pública e das práticas preventivas em saúde,
implantação de políticas de uso racional de medicamentos, estímulo a mudanças no
estilo de vida e equilíbrio com a natureza contribuem na prevenção do aparecimento
dessas patologias.
Assim, esta obra é dedicada tanto para os estudantes e profissionais da
área da saúde, quanto para a população de forma geral e aborda os seguintes
temas: fatores epidemiológicos da Doença de Chagas; correlação entre alterações
socioambientais e surgimentos de doenças; novos vetores de propagação de doença
bacteriana; patologias relacionadas às alterações genéticas; aspectos relacionados à
microcefalia; drogas de abuso como problema de saúde pública; fatores relacionados
à subnotificação de sífilis; relatos de casos sobre padrões de diferentes neoplasias,
entre outros.
Sendo assim, almejamos que esta obra colabore com os profissionais de
saúde, atualizando os conhecimentos destes sobre algumas patologias emergentes
e reemergentes e assim, norteie o desenvolvimento de estratégias de prevenção e
paralelamente embase o tratamento e manejo dos casos já existentes.
Nayara Araújo Cardoso
Renan Rhonalty Rocha
Maria Vitória Laurindo
(Organizadores)

 

Autores